Turismo em Porto Velho: Conheça a Rota Ferroviária

Postagens Recentes

3/recent/post-list

Mundo

3/Mundo/post-list

Geral

3/GERAL/post-list

Ad Code



Turismo em Porto Velho: Conheça a Rota Ferroviária


O g1 reuniu os pontos turísticos para te ajudar a entender a História de Rondônia.

Porto Velho, RO - A Rota Ferroviária de Porto Velho reúne uma caminhada pelos trilhos, locomotivas e áreas da administração da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré.

Para te ajudar a entender a História de como o estado de Rondônia começou, o g1 compilou os pontos turísticos da Rota Ferroviária, com base nas informações repassadas pela Secretaria Municipal de Indústria, Comércio, Turismo e Trabalho (Semdestur). Confira:

Capela de Santo Antônio


Capela Santo Antônio de Pádua em Porto Velho — Foto: Ana Kézia Gomes/g1

Na estrada de Santo Antônio, pertinho do Memorial Rondon, está um monumento tombado que resiste até hoje: a Capela de Santo Antônio de Pádua, a primeira construída no estado de Rondônia e que se diferencia de uma igreja por não possuir pia batismal.

A comunidade de Santo Antônio surgiu devido a produção extrativista da borracha que gerou crescimento na navegação. Com o passar do tempo, ela virou favorita no roteiro de viagens pelo Rio Madeira.

Mas quando a última tentativa de construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré começou, em 1907, uma nova cidade surgiu como núcleo de povoamento: Porto Velho, que hoje é capital do estado.

Uma dica extra é aproveitar a viagem pela capela para visitar o Memorial Rondon, onde estão disponíveis à população mais de 400 peças do acervo histórico rondoniense, um filme de seis minutos contextualizando as aventuras de Marechal Rondon e um aparelho de telégrafo.

Cemitério das Locomotivas


'Cemitério das locomotivas', na Candelária — Foto: Marcela Ximenes/Arquivo g1

Localizado na avenida Farquar, 801, bairro Triângulo, está o Cemitério das Locomotivas. Os vagões e antigos artefatos encontrados no local foram utilizados durante o funcionamento da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré.

Cemitério da Candelária


Entrada do Cemitério da Candelária em Porto Velho — Foto: Ana Kézia Gomes/g1

Próximo ao Cemitério das Locomotivas está o Cemitério da Candelária, também localizado na avenida Farquar, bairro Triângulo.

Esse foi o primeiro cemitério de Porto Velho e funcionou anexo ao Hospital da Candelária. No local foram sepultadas pessoas de diversas nacionalidades que participaram da construção da Madeira-Mamoré.

Em 2022, o Hospital da Candelária ganhou repercussão após cair em uma das questões do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O hospital foi montado entre os municípios de Santo Antônio e Porto Velho para acomodar os primeiros doentes que trabalhavam na construção da Estrada de Ferro. A aproximadamente 500 metros de distância dele foi construído o cemitério.

Complexo da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré


Estrada de Ferro Madeira Mamoré (EFMM) em Porto Velho — Foto: Leandro Morais

A História de como Rondônia começou é quase sempre contada a partir da construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré. Ela foi construída para ajudar no transporte da borracha, já que era muito perigoso fazer o escoamento pelos trechos encachoeirados do Rio Madeira.

Até a publicação desta reportagem, em janeiro de 2023, o Complexo da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré estava desativado para visitação por tempo indeterminado.


Complexo da Estrada de Ferro Madeira Mamoré; rio Madeira; Porto Velho — Foto: Prefeitura de Porto Velho/Divulgação

O local está no centro da capital, na beira do Rio Madeira. Atualmente a Prefeitura de Porto Velho trabalha em um processo de licitação para concessão do complexo. Segundo o Município, a revitalização do local está concluída e "a futura concessionária vai receber um espaço totalmente reformado com novo projeto paisagístico".

Prédio do Relógio


Prédio do Relógio em Porto Velho — Foto: Leandro Morais/ Prefeitura de Porto Velho

O antigo prédio da administração da Estrada de Ferro é mais conhecido como Prédio do Relógio e fica localizado na região central da cidade, nas esquina das avenidas Farquar com Sete de Setembro. O nome pelo qual é conhecido se deve ao relógio que fica na torre do prédio.

O local histórico, atualmente, funciona como sede da prefeitura. Entre as repartições que estão no endereço, está o gabinete do prefeito.


Prédio do relógio em Porto Velho — Foto: Prefeitura de Porto Velho/Divulgação

Fonte: G1/RO

Postar um comentário

0 Comentários