Detran discute Plano Nacional de Redução de Mortes e apresenta ações à Autarquia de trânsito em Ji-Paraná

Autoridades discutem redução de sinistros de trânsito e diretora adjunta do Detran Rondônia faz entrega de CTB

Porto Velho, RO -
Objetivando engajamento com as instituições do Poder Público, principalmente as que atuam no trânsito, a diretora geral adjunta do Departamento Estadual de Trânsito – Detran Rondônia, Benedita Aparecida de Oliveira, esteve na sexta-feira (18), na sede da Autarquia Municipal de Trânsito – AMT de Ji-Paraná, em reunião com o presidente do órgão, Oribe Alves Júnior.

Benedita de Oliveira, que é responsável por coordenar o Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito – Pnatrans em Rondônia, discutiu sobre as ações que estão sendo desenvolvidas juntamente às instituições do Poder Público, iniciativa privada e sociedade. A diretora adjunta do Detran, que é especialista em trânsito, ressaltou a importância da participação de todos no desenvolvimento dos pilares do Pnatrans, que prevê redução de sinistros de trânsito.

O secretário executivo da Casa Civil em Ji-Paraná, Everton Almeri Estevão, destacou que o Pnatrans é responsabilidade de toda sociedade, pois todos fazem parte do trânsito. O Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito foi criado em 2018, pela Lei n° 13.614, para orientar os gestores de trânsito do País a implementarem ações, com o objetivo de reduzir mortes e lesões no trânsito, em alinhamento com a Nova Década de Segurança no Trânsito da Organização das Nações Unidas – ONU.

Na ocasião, a diretora adjunta do Detran entregou para a Autarquia Municipal de Trânsito, 50 exemplares do Código de Trânsito Brasileiro – CTB. Participaram da reunião o coordenador-geral da AMT, Ronildo Pereira e os assessores da Casa Civil, Bruna Garcia e Carlos André Silva.


Fonte: Governo de Rondônia

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu