Polícia Federal deflagra operação "RECKONING" de combate à fraude no PRONAF


Operação cumpre Mandado de Busca e Apreensão em Anápolis/GO

Porto Velho, RO – A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (05/04/2022), a OPERAÇÃO RECKONING, com o intuito de combater o crime de peculato praticado por um ex-empregado do Banco BASA que, à época dos fatos, era lotado na Agência de Extrema, distrito de Porto Velho, no Estado de Rondônia.

As investigações tiveram início em 2019 a partir de fatos comunicados pelo Banco BASA que detectou o desvio de R$ 781.382,84 (setecentos e oitenta e um mil trezentos e oitenta e dois reais e oitenta e quatro centavos) de recursos públicos através de liberações indevidas de parcelas de financiamentos do PRONAF com recursos do FNO - Fundo Constitucional do Norte, que tinham como beneficiário final o ex-empregado investigado.

O suspeito se utilizou indevidamente de contas de terceiros para realizar inúmeras transações para dificultar o rastreamento dos recursos desviados, nos anos de 2011 a 2013. A Justiça Federal de Porto Velho/RO expediu mandado de busca e apreensão em desfavor do ex-empregado, que foi cumprido na cidade de Anápolis/GO.

A operação denominada RECKONING é uma alusão a uma expressão da língua inglesa que significa “acerto de contas”, indicando que a conta pelos atos ilícitos praticados pelo ex-empregado está sendo cobrada.


Superintendência Regional em Rondônia – Polícia Federal
Divisão de Comunicação Social

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu