Jovens indígenas de Rondônia participam do Acampamento Terra Livre em Brasília


Evento acontece até 14 de abril, na área central da capital federal. Principal objetivo do encontro é o enfrentamento da chamada "agenda anti-indígena"

Porto Velho, RO - Jovens indígenas de Rondônia participam da 18ª edição do Acampamento Terra Livre (ATL), em Brasília, desde a última segunda-feira (4). O evento acontece até 14 de abril, na área central da capital federal, próximo ao prédio da Funarte.

Segundo as lideranças indígenas, o principal objetivo do encontro é o enfrentamento da chamada "agenda anti-indígena", composta pelo julgamento do Marco Temporal e por projetos de lei que liberam a exploração de terras, o licenciamento ambiental e o uso de agrotóxicos.

A data também foi escolhida por conta da afirmação do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), de que o Projeto de Lei 191/2020 – que permite a mineração, hidrelétricas e outros planos de infraestrutura em terras indígenas – será votado no plenário da Casa entre os dias 12 e 13 de abril.

Entre os jovens indígenas de Rondônia que participam do evento, está a Txai Suruí, única brasileira a discursar na abertura oficial da Conferência da Cúpula do Clima (COP26) e ativista indígena do povo Paiter Suruí. Também participam do evento indígenas da etnia Juma e Uru-Eu-Wau-Wau.


Delegação indígena de Rondônia — Foto: Reprodução/Instagram

Fonte: G1/RO

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu