Vilhena registra 34 novos casos de Covid-19 no intervalo de 24 horas; número se aproxima dos 16 mil casos da doença

  



O último boletim epidemiológico divulgado ontem pela Secretaria Municipal de Saúde de Vilhena confirmou 34 diagnósticos positivos para Covid-19 no intervalo de 24 horas. Desde o início da pandemia do novo coronavírus o município já contabiliza 15.920 casos da doença.

Lamentavelmente, 393 óbitos foram registrados neste período por complicações da doença. Um detalhamento da autoridade de saúde municipal aponta que 275 vítimas moravam em Vilhena, as demais 118 eram de outros municípios rondonienses e até de outros estados.

Nos últimos 14 dias foram somados 101 casos de Covid-19, o que gera uma média móvel diária de 7 casos. Uma queda de 22,90% em comparação com a média registrada 14 dias atrás.

Com os novos casos registrados ontem, houve um aumento o número de casos ativos da doença saltando de 54 no dia anterior para 87 ontem. Um aumento de 61,11% em relação há terça-feira, e de 42,62% em comparação com o número registrado há 14 dias.

O município tem hoje sete pacientes internados, apenas dois são vilhenenses; e cinco são de outros municípios, sendo dois de Cerejeiras e três de Rolim de Moura. Entre os internados, quatro estão na UTI, dois deles são mantidos intubados por apresentarem um quadro mais grave da doença. É de 40% a taxa de ocupação dos leitos de UTI.

Ainda de acordo com o boletim, três pacientes receberam alta, elevando para 15.558 o total de pessoas que se recuperaram da doença. A taxa de cura no maior município do sul rondoniense é de 97,73%, segundo análise dos dados oficiais.

IMUNIZAÇÃO
Conforme a Secretaria de Saúde do Município, a primeira dose da vacina já foi aplicada em 69.690 vilhenenses. O total de vacinados com duas doses ou dose única é de 60.939 pessoas. E 6.819 já tomaram a dose de reforço.


Foto:Pixabay/imperioame

Fonte: Folha do sul

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu