<

Lazinho da Fetagro alerta para número recorde de benefícios negados pelo INSS



O deputado Lazinho da Fetagro (PT) chamou a atenção, durante sessão ordinária na Assembleia Legislativa nesta terça-feira (0A1), para um dado alarmante. Conforme afirmou, o INSS negou, apenas no primeiro trimestre deste ano, cerca de 1,2 milhão de pedidos de benefícios, um recorde negativo dos últimos dez anos.

A questão, no entendimento do orador, não é a escassez de pessoal. “ O problema da falta de funcionários para trabalhar no instituto sempre existiu,” afirmou. “O que está ocorrendo é uma mudança de critérios na análise dos processos,” avaliou.

Essa nova metodologia, de acordo com Lazinho, “vem castrando” os direitos de todos. Ele disse que muitas pessoas, citando alguns casos ocorridos em Rondônia, só conseguem fazer a perícia para obter o benefício durante o período da doença,quando já estão curadas.

O parlamentar destacou o caso de um senhor obrigado a vender a casa própria para sustentar a família depois de ficar oito meses esperando, em vão, uma solução da Previdência . Frisou ainda que o trabalhador não está pedindo favor ou esmola e sim ter o direito reconhecido e pediu o apoio dos demais deputados na causa.

Lazinho elogiou a mobilização da Fetagro, da federação nacional dos trabalhadores rurais e de sindicatos que estão unidos numa campanha, que vai até o dia 4 deste mês, para cobrar serviços justos e rápidos do INSS e alertar a sociedade sobre o número crescente de benefícios indeferidos.


Texto: Antônio Pessoa-ALE/RO

Foto: Marcos Figueira-ALE/RO

Postar um comentário

0 Comentários