População deve manter quintais limpos para eliminar possíveis criadouros do Aedes aegypti

Postagens Recentes

3/recent/post-list

Mundo

3/Mundo/post-list

Geral

3/GERAL/post-list

Ad Code



População deve manter quintais limpos para eliminar possíveis criadouros do Aedes aegypti


Em 2022, mais de 1.800 casos de dengue e dois óbito foram registrados em Porto Velho

Porto Velho, RO - Manter os quintais limpos para evitar possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti, que transmite a dengue e outras doenças, é essencial. Por isso, a Prefeitura de Porto Velho continua com a campanha de prevenção à doença e orienta que a população adote as medidas de segurança necessárias em suas residências.

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), por meio do Departamento de Vigilância em Saúde, alerta à população sobre os bons hábitos para evitar a proliferação do mosquito. Ressalta ser necessário manter caixas d’água e lixeiras bem tampadas, limpar calhas e cobrir piscinas.

Outros cuidados importantes para evitar o mosquito da dengue consiste em colocar areia nos pratos das plantas, tapar os ralos e baixar a tampa do vaso sanitário, limpar e guardar as vasilhas dos animais de estimação e cobrir bem qualquer reservatório de água, entre outras precauções.

DADOS DE 2022

Conforme os dados apresentados pelo Departamento de Vigilância em Saúde da Semusa, de janeiro a dezembro de 2022 foram confirmados 1.888 casos de dengue, 20 de chikungunya e cinco casos de zika vírus em Porto Velho. Além disso, dois óbito foram registrados ao longo do ano no município.



Fonte: Superintendência Municipal de Comunicação (Semusa)


Postar um comentário

0 Comentários