Número de faltas nas consultas com especialistas prejudica atendimento em Porto Velho

Postagens Recentes

3/recent/post-list

Mundo

3/Mundo/post-list

Geral

3/GERAL/post-list

Ad Code



Número de faltas nas consultas com especialistas prejudica atendimento em Porto Velho

Muitas consultas se concentram no Centro de Especialidades Médicas (CEM)

Porto Velho, RO - Melhorar a qualidade dos serviços de saúde e reduzir as filas de espera é uma das prioridades da Prefeitura de Porto Velho. Atendendo a tantas demandas diárias, a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) tem lidado com um número alto de não comparecimento às consultas, exames e procedimentos agendados com especialistas, sem qualquer comunicação prévia da população.

Helison Ribeiro, diretor do Departamento de Regulação, Avaliação e Controle (DRAC), explica que no ano passado, de janeiro a dezembro, foi de 33% o número de absenteísmo nas consultas agendadas, ausência que prejudica todos os usuários que aguardam atendimento no sistema público de saúde.

“Quando um paciente falta, todos os outros são prejudicados. Entre as consequências das faltas, está o aumento das filas de espera, já que outras pessoas deixam de ser consultadas. Isso interfere também na redução da produtividade dos profissionais de saúde”.


Semusa pede a colaboração da população para que evite o não comparecimento


Helisson afirma que o contato com a população para o agendamento das consultas via sistema de regulação acontece de forma frequente.

“A equipe do DRAC entra em contato com o paciente cerca de uma semana antes do procedimento para agendar a consulta. Posteriormente, é feita novamente uma ligação no dia que antecede o atendimento. Também utilizamos o aplicativo WhatsApp, que permite o contato direto com o paciente e o envio de guias”.

Entre os motivos das ausências, está o esquecimento, acontecimento de imprevistos e até mesmo a falta de responsabilidade do paciente. Por isso, a Semusa pede a colaboração da população para que evite o não comparecimento às consultas agendadas, ou realize a prévia comunicação para a equipe de saúde.

AGENDAMENTO

Para marcar e receber o atendimento especializado, o paciente deve comparecer em uma das 39 unidades de saúde do município munido de RG e cartão do SUS para uma consulta com um clínico geral, responsável por avaliar a necessidade e fazer o encaminhamento para o atendimento com profissionais especializados via Sistema de Regulação.


Fonte: Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Postar um comentário

0 Comentários