Marido e sogro de cabeleireira encomendaram morte de 6 pessoas da família no DF, diz polícia

Postagens Recentes

3/recent/post-list

Mundo

3/Mundo/post-list

Geral

3/GERAL/post-list

Ad Code



Marido e sogro de cabeleireira encomendaram morte de 6 pessoas da família no DF, diz polícia


Segundo Polícia Civil do DF, suspeito preso nesta terça-feira (17) confessou que recebeu dinheiro para cometer crimes. Ao todo, 8 pessoas haviam desaparecido, incluindo os dois supostos mandantes; 6 corpos foram encontrados.

Porto Velho, RO - Um dos presos suspeitos pelo desaparecimento de oito pessoas da mesma família no Distrito Federal afirmou que Thiago Gabriel Belchior de Oliveira, marido da cabeleireira Elizamar Silva, e Marcos Antônio Lopes de Oliveira, sogro de Elizamar, encomendaram a morte de duas das vítimas para tomar o dinheiro adquirido com a venda de uma casa e o valor que estava em uma conta bancária. A informação foi dada pela Polícia Civil do DF na noite desta terça-feira (17).

Resumo: 

* Um suspeito preso pelo desaparecimento de uma família no DF informou que o marido e o sogro da mulher desaparecida, uma cabeleireira, são mandantes da morte de seis pessoas.

* O homem preso contou que ele e um comparsa receberam R$ 100 mil do marido e do sogro de Elizamar Silva para matar a cabeleireira, os três filhos — dois de 7 anos e uma de 6 anos —, a sogra e a cunhada da mulher.

* As crianças eram filhas e netas dos dois mandantes, assim como as outras duas mulheres mortas são a mãe e a irmã e a esposa e a filha deles.

* Os dois supostos mandantes do crime estão desaparecidos. Duas mulheres que também teriam participado dos assassinatos não foram encontradas. Três suspeitos de envolvimento estão presos.

* Os crimes teriam sido cometidos para que fosse tomado dinheiro que estava em posse das mulheres.

* Dois carros da família foram achados em Goiás e em Minas Gerais, com quatro e dois corpos, respectivamente, carbonizados.


Segundo o delegado Ricardo Viana, da 6ª Delegacia de Polícia do Paranoá, um dos homens presos por envolvimento no crime, Horácio Carlos Ferreira Barbosa, de 49 anos, contou que ele e Gideon Batista de Menezes, de 55 anos, receberam R$ 100 mil para matar a cabeleireira, os três filhos — Gabriel, de 7 anos, e os gêmeos Rafael e Rafaela, de 6 anos —, a sogra e a cunhada da mulher.

As crianças também eram filhas de Thiago e netas de Marcos Antônio. As outras duas vítimas são a mãe e a irmã de Thiago, esposa e filha de Marcos Antônio.

Thiago Gabriel Belchior de Oliveira, de 30 anos, e Marcos Antônio Lopes de Oliveira, de 54 anos, apontados como mandantes do crime, estão desaparecidos.


Fonte: G1

Postar um comentário

0 Comentários