Agência nega reajuste na tarifa para travessia de balsa em Alto Paraíso, RO

Postagens Recentes

3/recent/post-list

Mundo

3/Mundo/post-list

Geral

3/GERAL/post-list

Ad Code



Agência nega reajuste na tarifa para travessia de balsa em Alto Paraíso, RO


Balsa é usada no rio Jamari há quatro anos, desde que ponte do rio Jamari foi derrubada por uma das piores cheias na região.


Porto Velho, RO - 
A Agência de Regulação dos Serviços Públicos de Rondônia (Agero) não autorizou um reajuste na tarifa da balsa que é usada para travessia de veículos no rio Jamari, na RO-429, em Alto Paraíso (RO).

O aumento da tarifa seria de 15,38% e estava previsto pata entrar em vigor partir desta sexta-feira (27).

Conforme apurou a Rede Amazônica, a empresa que administra o sistema de balsas foi quem pediu o reajuste, alegando ser "necessário recompor as variações de preço de combustível e inflação.


O gerente-geral da empresa informou à reportagem que, nos últimos três anos, o preço do aço naval subiu mais de 50% e o combustível reajustou mais de 25%, e mesmo assim, segundo ele, desde 2019 o valor da tabela estava congelado e sem alterações.


No entanto, a Agero publicou nesta semana que 'não autoriza qualquer reajuste da tarifa de embarque do transporte hidroviário quanto a valores para a travessia de veículos na balsa sobre o rio Jamari'.


A Agência de Regulação dos Serviços Públicos reforçou que eventual alteração das tarifas deverá atender todos os requisitos legais e regulamentares, mediante prévia análise e autorização do estado de Rondônia.

4 anos de balsa

A travessia pela balsa no rio Jamari é um dos principais acessos dos moradores da cidade de Alto Paraíso até a BR-364.

A balsa tem sido usada no local há quatro anos, pois a a antiga sobre o rio ponte foi derrubada na cheia de 2019 e desde então os moradores dependem da travessia pelo rio.

Uma nova ponte está sendo construída no acesso ao município de Alto Paraíso. A obra é de responsabilidade do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem e Transportes (DER).

Segundo o órgão do governo do estado, os pilares da nova ponte já foram feitos e no momento eles estão na primeira fase da construção do aterro das cabeceiras. A nova ponte de concreto será em mão dupla, com 130 metros de extensão e 8,80 metros de largura.


A previsão era que a ponte ficasse pronta em março, mas agora esse prazo foi estendido até setembro deste ano.

Ponte sobre o rio Jamari em Alto Paraíso tem novo prazo para conclusão


Fonte: G1- Rondonia

Postar um comentário

0 Comentários