O dia 14 de dezembro na história de Porto Velho, Rondônia, Brasil e Mundo

Postagens Recentes

3/recent/post-list

Mundo

3/Mundo/post-list

Geral

3/GERAL/post-list

Ad Code



O dia 14 de dezembro na história de Porto Velho, Rondônia, Brasil e Mundo

O DIA NA HISTÓRIA

Lúcio Albuquerque

WhatsApp 69 99910 8325

BOM DIA, 3ª feira, 13 de DEZEMBRO  

COMEMORA-SE

Dia Nacional de Combate à Pobreza, Dia Nacional do Ministério Público, 

Dia do Engenheiro de Pesca, Dia do Médico Alergista, Dia Mundial do Macaco

Católicos celebram São João da Cruz, Santo Espiridão, São Nimatullah Kassab Al-Hardini (também por cristãos maronitas)


RONDÔNIA

14 – 1914 – Inaugurada a Estação Telegráfica Presidente Pena, na vila que em 1977 seria a sede do município de Ji-Paraná.

14 – 1942 - O Governo federal anuncia o anteprojeto de decreto-lei criando os Territórios Federais de Iguaçu (no Paraná), Amapá, Boa Vista (Roraima) e Guaporé (Rondônia).

14 – 1950 – Numa época em que nem existia emissora de rádio no Território, o jornal Alto Madeira anuncia o sorteio de um aparelho de rádio RCA Victor.

BRASIL

1864 — Guerra do Paraguai: O exercito paraguaio invade a província brasileira do Mato Grosso. 2006 – Morre Sivuca, músico brasileiro (n. 1930). 2016 — Morre d. Paulo Evaristo Arns, cardeal brasileiro (n. 1921).


MUNDO

1503 — Nasceu Nostradamus, vidente, autor de diversas profecias que são debatidas até hoje (m. 1566). Em 1900 – Mecânica Quântica: Max Planck apresenta seu artigo sobre a radiação de corpo negro. 1911 – O polo sul é atingido pela 1ª vez pela equipe de Roald Amundsen. 1950 – Criação do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR). 

FOTO DO DIA

Por diversas vezes viajei naqueles aviões, chamados “hidroaviões”, em diversos destinos amazônicos. Alguns eram ainda remanescentes da II Guerra Mundial, quando atuaram na localização e destruição de submarinos alemães no Atlântico (criados para ser um avião de patrulha e ataque antissubmarino). Sempre tratados carinhosamente e a suas tripulações nas milhares de vezes que eram o único socorro viável para quem morava em locais distantes na Amazônia. Mas antes da II Guerra Mundial eles já circulavam na região, e um espetáculo para quem viajava ou assistia, era o pouso, quando a água deslizava sobre aquela aeronave que, muitos dizem, era capaz de pousar numa castanheira. O mais famoso aqui foi o em que o presidente Getúlio Vargas, em 1940 a Porto Velho. Dentre outros nomes carinhosos era conhecido por “pata choca”. (Lúcio Albuquerque).


Fonte: Lúcio Albuquerque 

Postar um comentário

0 Comentários