Sejus realiza inscrições para reeducandos fazerem o Enem 2022; número expressivo de candidatos supera 2021


Reeducandos são avaliados segundo critérios do MEC, e têm a chance de ter acesso ao ensino superior pelos programas como Sisu, Prouni e Fies

Porto Velho, RO - Dando seguimento ao trabalho de ressocialização social no sistema prisional do Estado, pela educação, o Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Justiça – Sejus, inscreveu um número expressivo de reeducandos no Exame Nacional do Ensino Médio para Privados de Liberdade (Enem PPL) de 2022. A prova está com data prevista para 10 e 11 de janeiro de 2023, obteve 1.259 inscrições, 79,85% a mais que em 2021, com apenas 700 inscritos.

Os reeducandos são avaliados segundo os critérios do Ministério da Educação – MEC, e têm a chance de ter acesso ao ensino superior, por meio de programas como Sisu, Prouni e Fies. Para realizar o Enem PPL é necessário ter concluído o ensino médio e cumprir pena em um dos regimes do sistema penitenciário de Rondônia.

Sejus disponibiliza livros às unidades prisionais para reeducandos se prepararem para o exame

Como forma de preparar os inscritos para a prova, a Sejus disponibiliza livros para estudos às unidades e irá ofertar um aulão, perto da realização da prova, em todo Estado. O secretário de Estado da Justiça da Sejus, Marcus Rito destacou a importância da educação no processo de ressocialização.

“A Secretaria de Estado da Justiça trabalha com ações que ressocializem a pessoa privada de liberdade, com o fim de reintegrá-los à sociedade da melhor maneira possível e com possibilidade de se inserir no mercado de trabalho, diminuindo assim, a reincidência criminal e consequentemente, a taxa da criminalidade, e a educação é uma das bases fundamentais para que esse processo tenha êxito”, concluiu.

ENCCEJA PPL 2022

Obtendo mais um crescimento significativo no âmbito da educação, 2.168 reeducandos foram inscritos e realizaram o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos para Pessoas Privadas de Liberdade ou sob medida socioeducativa, que inclua privação de liberdade (Encceja PPL) 2022. O número obteve um crescimento de 50% a mais de inscritos, comparado ao ano anterior, sendo realizado em 40, das 46 unidades prisionais de Rondônia.

As provas foram aplicadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira – Inep e ocorreram nos dias 18, 19 e 20 de outubro. A participação do reeducando é voluntária, gratuita e destinada a jovens e adultos, que não concluíram seus estudos na idade apropriada.

Fonte: Secom - Governo de Rondônia


Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu