Rondônia conquista quatro medalhas na modalidade xadrez durante os Jogos Escolares Brasileiros 2022


Letícia conquistou a medalha de ouro da classificação bronze de grupos

Porto Velho, RO - Quatro estudantes-atletas de Rondônia se destaram durante as competições de xadrez nos Jogos Escolares Brasileiros 2022, realizados pela Confederação Brasileira de Desporto Escolar – CBDE. Este ano, Rondônia conta com a maior delegação que já levou para uma disputa brasileira. São 275 componentes, entre atletas, fisioterapeutas, treinadores e coordenadores de mídia. O evento segue até o dia 15 de novembro, no Rio de Janeiro.

A CBDE é a instituição responsável por toda a logística do evento, como passagens, hospedagem e alimentação. A contrapartida do Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Educação – Seduc, foi a realização da fase estadual, no Jogos Escolares de Rondônia – Joer, garantindo a classificação dos estudantes dentro da faixa etária específica para o JEB.

Letícia de Souza Bastos, 13 anos, de Cacoal, estuda na Escola Carlos Gomes e atualmente está na oitava série. “Treino xadrez desde os seis anos, mas comecei a levar mais a sério há dois anos. É um jogo muito bom, que requer tática, técnica, e bastante raciocínio.

É a minha primeira vez no Rio de Janeiro. A dinâmica está sendo bem legal”. Letícia conquistou a medalha de ouro da classificação bronze de grupos. “Ter conseguido esta medalha logo de cara, já compensou a viagem” ressaltou, a estudante emocionada.

Thainara Bispo, 14 anos, de Alta Floresta do Oeste, estuda na Escola Juscelino Kubitschek. “Treino há quatro anos e meio. O diferencial deste esporte é que ele trabalha o nosso desenvolvimento psicológico. É a minha segunda vez competindo. Ano passado eu vim e fiquei entre os Top 10. Dessa vez, conquistei a medalha de ouro. Valeu a pena ter foco e treinar todos os dias da semana!”, explicou.

Jean Henrique, 14 anos, de Alta Floresta do Oeste, estuda na Escola Juscelino Kubitschek, e cursa atualmente o nono ano. “É a primeira vez que participo do JEB. Treino desde os nove anos de idade. De início, já conquistei a medalha de bronze. É uma oportunidade única, estou conhecendo um lugar diferente, que talvez eu nunca poderia ir, se não fosse o esporte. Recomendo aos que sonham com uma medalha, focar e entrar de cabeça”, recomenda.

Matheus Nascimento, 12 anos, também de Alta Floresta do Oeste, estuda na Escola Estadual de Ensino Fundamental Euridice Lopes Pedroso. “Comecei a treinar em março do ano passado. Escolhi o xadrez porque é um treino mental que envolve cálculo, acelera o pensamento e exige uma mente expandida. Esse esporte melhora meus estudos e as minhas decisões.

É a segunda vez que participo do JEB. Estou retornando com o terceiro lugar e uma medalha de bronze. Sinto-me lisonjeado e acredito mais ainda no meu potencial, após essa competição. O esporte abre portas!”, ressaltou.

TRANSMISSÃO

As disputas dos Jogos Escolares Brasileiros serão transmitidas ao vivo por meio do canal da CBDE, no YouTube. A entrada aos locais de competição é franca.

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu