Portal de Atendimento de Tecnologia fortalece proteção de dados aos servidores de Rondônia


Setic realiza monitoramento e segurança dos ativos de rede para evitar vulnerabilidades que comprometam as atividades no dia a dia

Porto Velho, RO - Buscando automatização e centralização dos serviços de atendimentos especializados, realizados pelos servidores dentro das secretarias do Governo de Rondônia, de maneira mais intuitiva e automatizada, a Setic tem realizado desde 2019 a implementação da plataforma de código aberto Gerenciamento Livre de Parque de Informática – GLPI.

Para melhorar a usabilidade dos usuários e prevenir possíveis vulnerabilidades de segurança da informação, a Superintendência Estadual de Tecnologia da Informação e Comunicação – Setic atualizou o Portal de Atendimento, sistema baseado na plataforma de código aberto Gerenciamento Livre de Parque de Informática – GLPI.

Segundo a analista de sistema Iasmin Lima, a Setic através da Coordenadoria de Segurança da Informação – Cosegi, atua no monitoramento de segurança de proteção de dados, refletindo nos sistemas utilizados no Estado. “Estamos atentos a possíveis indicações de atualizações a serem feitas. Por precaução, através da análise de outros cenários menos seguros que a Setic, realizamos a atualização para precaver que nossos usuários tenham perca de dados”.

O coordenador da Cosegi, Leonardo Courinos relatou que a Setic realiza o monitoramento e segurança dos ativos de rede para evitar que vulnerabilidades comprometam as atividades no dia a dia. Dessa forma, buscando corrigir possíveis falhas no sistema operacional, nos serviços e nas aplicações, uma espécie de varredura que, após concluída, é feita uma análise de forma externa.

“Recebemos no primeiro semestre de 2022 mais de 18 mil tentativas de ataques por dia, contabilizamos um total zero incidentes de impacto crítico ou grave nos últimos quatro anos”, ressaltou Leonardo Courinos.

PORTAL DE ATENDIMENTO GLPI

Buscando automatização e centralização dos serviços de atendimentos especializados, realizados pelos servidores dentro das secretarias do Governo de Rondônia, de maneira mais intuitiva e automatizada, a Setic tem realizado desde 2019 a implementação da plataforma de código aberto Gerenciamento Livre de Parque de Informática – GLPI.

A plataforma permite que as demandas de solicitações e serviços de atendimentos especializados, realizadas pelos servidores, aconteçam de maneira mais intuitiva e automatizada.

Para realizar qualquer chamado quanto aos serviços de tecnologia, o servidor deve acessar o portal de atendimento, com os mesmos dados utilizados de acesso do Sistema Eletrônico de Informações – SEI, e assim realizar a solicitação de serviço, que será encaminhada ao setor responsável, dentro da secretaria que está lotado.

A analista de Sistema explicou que a ferramenta por ser baseada em uma plataforma de código aberto, no qual o detentor dos direitos autorais concede aos usuários os direitos de usar, estudar, alterar e distribuir o software e seu código-fonte, não gerando custos para o Estado.

A Sedam foi a primeira a implantar o serviço, com o objetivo de desonerar o uso do SEI com processos de finalidade de atendimento de suporte técnico. Os chamados que antes eram recebidos pelo SEI para atendimento de suporte técnico, agora são devolvidos para serem abertos via https://atendimento.setic.ro.gov.br/. As Secretarias Sedam, Sejus, Seosp e Seduc também aderiram à ferramenta para oferecer seus serviços de tecnologia e suporte.


Fonte: Governo de Rondônia

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu