Bandidos trapalhões celebram assalto e um atira em outros 2 sem querer


Um único disparo atingiu dois dos assaltantes, que ficaram feridos. Bandidos foram levados ao Hospital do Trabalhador em Curitiba

Porto Velho, RO - O que era para ser uma noite de comemoração acabou em suspeitos de assalto baleados e uma quadrilha desmantelada, em Curitiba. E foram os próprios assaltantes que acabaram se entregando: sem querer, eles atiraram um no outro. Ao todo, sete pessoas foram presas e um adolescente apreendido.

A situação aconteceu no bairro Tatuquara, na noite de quarta-feira (2). O grupo de bandidos, que integrava uma quadrilha especializada em assaltos, tráfico de drogas e roubos de veículos, foi comemorar um assalto.

Acontece que, durante a comemoração, eles acabaram efetuando alguns disparos e um dos tiros foi para o lugar errado. Um único disparo atingiu dois dos assaltantes, que ficaram feridos. Eles foram levados ao Hospital do Trabalhador (HT).

Com o encaminhamento ao hospital, a casa da quadrilha foi ao chão. A Polícia Militar (PM) acabou acionada e os policiais descobriram o que estava acontecendo. Inclusive souberam que o grupo gostava de “ostentar” os crimes que praticava fazendo vídeos e comemorando.

Após serem atendidos, os dois bandidos foram encaminhados à Central de Flagrantes da Polícia Civil. A partir disso, a polícia chegou até um Gol, que era usado pela quadrilha para assaltos.

O grupo, segundo a Polícia Militar (PM), estava envolvido em um assalto a uma loja no bairro Parolin, em Curitiba. A ação foi registrada por câmeras de segurança.

Ao todo, oito pessoas foram detidas. Entre elas um adolescente, que estava envolvido num latrocínio (roubo com morte) e um rapaz que tinha contra si três mandados de prisão em aberto.

A polícia deve continuar as investigações, a partir de agora, para descobrir outros crimes que o grupo possa ter envolvimento.

Fonte: Diário da Amazônia

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu