Vereador Fogaça pede celeridade da Anatel para instalação do 5G também nos distritos da capital


O distrito de União Bandeirantes, por exemplo, tem 30 mil habitantes e sofrem pela falta de sinal de telefonia móvel”, disse o vereador.

Porto Velho, RO - Durante os debates que se seguiram após a aprovação da implantação do 5G na Câmara Municipal, durante a extraordinária desta quinta-feira 06.10, o vereador Everaldo Fogaça (Republicanos) demonstrou preocupação com a telefonia móvel para os distritos da capital.

“Enquanto o centro urbano da capital se prepara para a chegada da 5G, os distritos ainda não possuem sequer torres para recepção de sinal de telefonia móvel”, disse ele.

De acordo com o vereador, somente nos distritos de Porto Velho há um contingente populacional de 100 mil pessoas que não tem acesso ao sinal de telefonia imóvel.

Ele sugeriu que, na sessão ordinária da próxima terça-feira, o presidente da Casa, Edwilson Negreiros, leve um abaixo-assinado dos 21 vereadores ao prefeito Hildon Chaves, pedindo ao Município que intervenha junto à Anatel e solicite o cronograma da instalação de torres de telefonia nos distritos.

“O prazo estabelecido pela Anatel venceu em 2019 e até hoje os distritos estão sem cobertura. A agência está fazendo vistas grossas. A legislação é bem clara quando prevê a obrigatoriedade de instalação dessas torres em locais onde a população é maior que 3 mil habitantes.

O distrito de União Bandeirantes, por exemplo, tem 30 mil habitantes e sofrem pela falta de sinal de telefonia móvel”, disse o vereador.

Distritos de Porto Velho: Rio Pardo, Abunã, Calama, Fortaleza do Abunã, Itapuã do Oeste, Jaci-Paraná, Nova Mutum Paraná, Extrema de Rondônia, Nova Califórnia, São Carlos e Vista Alegre do Abunã.

Fonte: Assessoria

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu