Já chega a 13 pontos de PARALISAÇÃO TOTAL/PARCIAL DE TRÂNSITO na BR 364


No momento, há confirmação de treze pontos com presença de manifestantes, sendo nove na BR 364:

Porto Velho, RO - A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Rondônia informa que foi notificada por usuários da via sobre bloqueios nas rodovias localizadas no estado. Há paralisação parcial do fluxo de trânsito em todos os trechos. O ponto de interdição de Ariquemes foi liberado, porém, há novos pontos de bloqueio

No momento, há confirmação de treze pontos com presença de manifestantes, sendo nove na BR 364:

- BR 364 Km 1069 - Distrito de Nova Califórnia, Porto Velho/RO
- BR 364 Km 1040 - Distrito de Extrema, Porto Velho/RO
- BR 364 Km 976 - Distrito de Vista Alegre do Abunã, Porto Velho/RO
- BR 364 Km 910 - Porto Velho/RO - Entroncamento
- BR 364 Km 423 - Jaru/RO - Ponte sobre o Rio Jaru
- BR 364 Km 383 - Ouro Preto do Oeste/RO - Em frente à Gima Veículos
- BR 364 Km 337 - Ji-Paraná/RO - Acesso ao anel viário
- BR 364 Km 235 - Cacoal/RO - Próximo à Coopercal
- BR 364 Km 16 - Vilhena/RO - Próximo ao posto Catarinense
- BR 421 Km 49 - Monte Negro/RO - Próximo ao trevo de entrada do município
- BR 425 Km 96 - Nova Mamoré/RO - Em frente ao Hotel Jaqueira
- BR 425 Km 140 - Guajará-Mirim/RO
- BR 435 Km 82 - Colorado do Oeste/RO

Equipes da Polícia Rodoviária Federal foram encaminhadas às localidades para compreender o cenário e iniciar procedimentos para liberação da via. A cada hora cheia (*ex: 10h, 11h, 12h...), informaremos à imprensa e também disponibilizaremos os dados em nossas redes sociais, sendo elas Instagram e Twitter pelo endereço @prf_ro

Até o presente momento, as manifestações são pacíficas e a rodovia segue liberada apenas para circulação de veículos de emergência (viaturas e ambulâncias).

Aos que necessitam realizar essa viagem, a PRF orienta que muitos trechos não são atendidos por sinal de operadora de celular ou internet e também que não existem estruturas de apoio nos locais (apenas pequenos comércios de beira de estrada), assim, é fundamental redobrar os recursos para as possíveis necessidades dos viajantes.


Fonte: Núcleo de Comunicação Institucional - (Assessoria de Imprensa)

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu