Vacinação antirrábica já atendeu cerca de 9 mil animais em Porto Velho nos últimos meses

Serviço da prefeitura contempla ida às ONGs e residências com dez ou mais animais

Porto Velho, RO -
A Prefeitura de Porto Velho segue com o programa de vacinação antirrábica em animais domésticos (cães e gatos) com a ida agendada em residências. Tutores com dez ou mais animais e organizações não governamentais (ONGs) podem solicitar o serviço que é realizado pela Divisão de Controle de Zoonoses em Animais Domésticos e Sinantrópicos (DCZADS).

Desde janeiro, já foram vacinados 9 mil animais. Na tarde da última quinta-feira (22), uma equipe da DCZADS esteve em uma residência na rua Inglaterra, bairro Igarapé, zona Leste, onde foram vacinados 41 gatos e três cães, entre eles um da raça pit bull.

O animal debilitado ou doente não pode ser vacinado antes de restabelecer

“A gente entende que para essas pessoas fica mais difícil levar os animais para serem imunizados no dia da campanha de vacinação, e também levar até a Divisão de Zoonoses ou no Parque Circuito, onde está o nosso trailer de vacinação. A Prefeitura tenta facilitar para que as pessoas tenham acesso à vacina antirrábica para proteger seus animais e a sua família também”, destacou o gerente da DCZADS, Edson Cruz.

Ele acrescenta que todas as pessoas que têm dez ou mais cães e gatos em casa podem solicitar a vacinação antirrábica domiciliar. Para fazer o agendamento basta ligar para o telefone (69) 98473-6712, informar a quantidade de pets e o endereço completo. No dia marcado a equipe vai ao local para imunizar os animais.

RECOMENDAÇÃO

De acordo com Edson Cruz, o animal debilitado ou em tratamento não pode ser vacinado. “Tem que esperar ele se restabelecer. Lembrando que a partir de três meses de vida cães e gatos já podem receber a vacina antirrábica”, disse, acrescentando que a raiva é uma doença que não tem cura, tanto em animais quanto em humanos. “Por isso é importantíssimo manter os animais vacinados”, enfatizou.

Geliane Rodrigues, cuidadora de animais, enalteceu o trabalho da DCZADS. “É bem melhor devido à quantidade de animais e a praticidade. Dessa forma, imuniza todos os animais que a gente tem em casa”, destacou.


Fonte: Prefeitura de Porto Velho

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu