Unidades de saúde receberam investimentos de R$ 34 milhões em obras durante a gestão do coronel Marcos Rocha


A saúde também foi uma área que recebeu atenção durante a gestão do coronel Marcos Rocha, candidato pelo União Brasil (44) ao Governo de Rondônia. Além dos investimentos feitos durante o período mais crítico da pandemia da covid-19, como medicamentos, aquisição de um hospital de campanha e demais insumos, as unidades estaduais de saúde receberam obras para melhorias no atendimento.

O coronel Marcos Rocha explica que as obras que se encontram em fase de execução, foram viabilizadas quando cessou o período de pandemia da covid-19, a partir do segundo semestre de 2021. "Nosso desejo era ter entregue mais obras, ter feito muito mais neste sentido, porém, de certa forma, fomos inviabilizados pela pandemia. Mas, quando tivemos ciência de que poderíamos voltar a construir, prontamente as equipes se posicionaram, firmamos parcerias e fomos para campo, para reformar e concluir nossas unidades de saúde".

EXECUÇÃO

As obras que se encontra em execução são: reforma da cobertura, pintura interna e externa do abrigo de resíduos do Hospital Infantil Cosme e Damião, em Porto Velho; impermeabilização da laje e forro do térreo da Policlínica Oswaldo Cruz e reforma da 3ª Gerência Regional de Saúde, em Vilhena.
Outras duas obras têm previsão de início para o mês de outubro, com a conclusão do Hospital Regional de Guajará-Mirim e do Hospital Cemetron, em Porto Velho. Estes, possuem projetos sendo desenvolvidos pelo Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS), que tem o objetivo de ajudar diferentes parceiros a implementar projetos de ajuda humanitária, desenvolvimento e construção da paz, nos contextos mais complexos do mundo.

OBRAS ENTREGUES

Foram entregues para a população do Estado de Rondônia, a reforma da enfermaria do Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro, com ampliação de 56 leitos; adequação da rede elétrica do Hospital Infantil Cosme e Damião; repintura do Hospital Regional de Cacoal e a manutenção predial do Conselho Estadual de Saúde (CES). Também foi concluída a reforma do abrigo de resíduos sólidos do Hospital João Paulo II; construção do abrigo de resíduos do Hospital de Urgência e Emergência de Cacoal; reforma da cobertura do Laboratório de Patologia (Lepac) e impermeabilização da laje e forro do térreo da Policlínica Oswaldo Cruz, em Porto Velho.

MAIS INVESTIMENTOS

Existem mais recursos provisionados para serem investidos em obras de estrutura nas unidades de saúde de Rondônia. São cerca de R$ 100 milhões para obras que estão em fase de instrução para licitação, elaboração de projetos e obras que estão em licitação.

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu