Fogaça reafirma apoio aos mototaxistas da capital e assume compromisso com grupo de resgate de moradores de rua


Eleições 2022 Rondônia

Porto Velho, RO – Em mais um dia de intensa movimentação de campanha, o candidato a deputado estadual Everaldo Fogaça (Republicanos) cumpriu extensa agenda na quarta-feira 14.

No período da manhã ele participou de uma grande reunião com apoiadores, onde foram traçadas as estratégias para esses últimos dias de campanha, como Fogaça estimulando o grupo para essa arrancada final e decisiva. “Nossa campanha vem num crescente com muita consistência, e precisamos manter o foco e a determinação para alcançarmos nosso objetivo”, afirmou.



Em seguida, o candidato percorreu os pontos de mototaxi da cidade, conversando com uma categoria profissional com a qual tem aliança estabelecida há muito tempo, inclusive com iniciativas parlamentares na Câmara Municipal de Porto Velho com ações de suporte para os profissionais deste setor.



“E esse nosso compromisso vai se fortalecer ainda mais com o mandato na Assembleia Legislativa, que nos proporcionará mais condições de promover atos de valorização da categoria em âmbito estadual, assim como promover a captação de recursos para dar melhor estrutura de trabalho aos mototaxistas, com reformas nos pontos, investimento em segurança e muito mais.

Nosso mandato terá esse viés de sustentação também a esses profissionais que precisam de ações para aprimorar o seu trabalho e elevar a qualidade da prestação de seus serviços à comunidade”, declarou Fogaça.



A noite ele participou de uma reunião com integrantes do Projeto Vidas, em companhia da candidata ao Senado, Mariana Carvalho (Republicanos), e do candidato a deputado federal Maurício Carvalho (União Brasil). Este projeto trabalha no resgate de moradores de rua e recuperação de dependentes químicos e alcóolatras, buscando os reintegrar à sociedade.



“Este trabalho merece todo o nosso apoio e ações efetivas por parte do poder público, e vamos trabalhar na Assembleia com projetos do gênero que atuem nesta questão. A sociedade precisa compreender que a recuperação dessas pessoas, além do benefício pessoal que lhes proporciona, promove ganhos para toda a comunidade, pois significa menos gastos com segurança pública, sistema carcerário, saúde, e na assistência social, setores diretamente impactados por este tipo de problema”, argumenta.

Ele prossegue reiterando que, “além disso, um morador de rua que tem sua vida recuperada, passa a ser uma pessoa produtiva na sociedade, em muitos casos reagrupa uma família, trazendo resultado positivo para várias pessoas, promove o resgate da dignidade e ataca diretamente um flagelo social.



Temos que trabalhar para enfrentar essa questão, que em Porto Velho atinge milhares de pessoas, e também é um flagelo que afeta as cidades do interior. Vamos construir políticas públicas que façam frente a esta demanda, e trabalharemos juntos com a Mariana e o Maurício na construção deste propósito”, encerrou.

Fonte: Assessoria

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu