Candidato a deputado estadual Fogaça fala sobre tentativa de extorsão da qual foi vítima e diz que foi orientado pela Polícia Federal

Candidato a deputado estadual Fogaça e colaboradores de campanha

Porto Velho, RO -
O vereador e candidato a deputado estadual Everaldo Fogaça (Republicanos) concedeu entrevista na manhã desta quarta-feira 14.09 sobre o episódio lamentável ocorrido ontem quando foi vítima de uma tentativa de extorsão por parte de um blogueiro de um site de humor de Porto Velho. Fogaça também reuniu toda sua equipe de campanha, em seu comitê, onde também deu detalhes sobre a situação para que todos os colaboradores tenham a ideia exata do que ocorreu.

PRISÃO
Segundo o vereador e candidato, todas as ações que culminou com a prisão de um dos acusados. Primeiramente, o caso foi levado para Central de Polícia, onde o delegado entendeu que o crime era federal e, por isso deveria ser tratado pela Polícia Judiciária Federal. O Inquérito será instalada via ofício, através da Corregedoria da Polícia Federal. O acusado e a testemunha reservaram-se no direito de permanecerem calados e só devem se pronunciar diante do juiz federal. Os dois foram liberados posteriormente.

EXTORSÃO
Na conversa que teve com apoiadores o comitê, Everaldo Fogaça fez um alerta: “Se algum de vocês, algum dia for vítima de extorsão, denuncie!”. Segundo o vereador, após o incidente de ontem, ele recebeu centenas de ligações e áudios de várias autoridades do Estado, parabenizando-o pela coragem. Everaldo Fogaça também ressaltou que a notícia veiculada pelo site Humor PVH sobre sua vida pessoal é fakenews (noticia falsa), situação que também deverá ser denunciada no inquérito.

ALERTA

O alerta lançado pelo vereador é como forma de evitar problemas futuros para todo o grupo de apoiadores de campanha. “Pode acontecer alguma coisa mais, podem tentar armar contra vocês, não deixe carro aberto, cuidado com carro aberto, muito cuidado com o que vocês falam na rede social, muito cuidado com pessoas que ligam ´ah, eu tô morrendo, me ajuda com uma cesta básica´... não façam isso. Sejam duros, pois a Lei Eleitoral não permite. A atitude de um pode colocar a perder tudo o que foi construído agora por toda a equipe”, alertou.

CAMPANHA
Ao finalizar, Everaldo Fogaça elogiou toda a equipe que tem se desdobrado dia e noite no comitê realizando um excelente trabalho administrativo, de logística e de divulgação na campanha eleitoral. “Temos um grupo hoje que há 120 dias atrás diziam: ´não tem a mínima chance´, e hoje é unanimidade. Nós vamos ganhar a eleição. Mas precisamos intensificar o trabalho nessa reta final. Visite seus amigos, peça voto na rede social e vamos para a vitória. Quando ao episódio de ontem, morreu a partir de hoje. Agora é campanha, é rua, até o dia em que a legislação permitir”, disse.

CONFIRA VÍDEO:



Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu