NINGUÉM PASSA: Comunidade denuncia instalação de porteira no meio da Estrada do Areia Branca


Segundo os moradores, a porteira impede o acesso ao rio das Garças e as crianças de irem a escola

Porto Velho, RO - Os moradores da região próximo a Estrada do Areia Branca estão denunciando a instalação de uma porteira no meio da linha impedindo a passagem de carros, motociclistas e até de quem segue a pé.

Segundo a comunidade, o fechamento da estrada é quase no final a via, chegando próximo ao rio das Garças.

“Até poucos dias que eu passei aqui eles estavam cercando. Aí, eu expliquei a situação para eles, porque isso aqui é uma via. Essa porteira era lá na frente e eles tiraram e colocaram para cá, porque compraram esse lado e acham que estão no direito”, diz um morador.

O homem afirma ainda que um outro rapaz que tem propriedade depois da porteira, não conseguiu chegar até o destino.

“O camarada veio aqui diz que tem uma lavoura de cupuaçu, tem as coisas dele, chegou ali e não pôde passar”, explicou.

Antes do bloqueio, a comunidade utilizava a linha para chegar ao rio das Garças e se refrescar. Um outro morador contou à nossa equipe que no dia que foi instalada a porteira, eles estavam no rio e foram orientados a deixar o local.

“Nós estávamos lá dentro tomando banho. Aí quando estávamos voltando, eles já tinham fechado e disseram para nós que não podíamos entrar. Dois [homens] grandão que mandaram a gente sair”, contou.

Sem escola

A comunidade afirma ainda que a instalação da porteira está prejudicando as crianças que precisam ir à escola.

“O ônibus escolar tem que passar aqui para pegar as crianças, mas e agora, elas vão ter que ficar sem estudar por causa dessa porteira?”, questionam os moradores.

O Rondoniaovivo procurou a Prefeitura de Porto Velho para uma explicação sobre o caso. Através da assessoria de comunicação, a pasta responsável pelo caso enviou nota. Veja abaixo.

De acordo com a Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Semagric), uma equipe será enviada ao local para verificar a situação. Se constatada alguma irregularidade, os órgãos de direito serão comunicados.


Fonte: Rondoniaovivo

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu