Principal suspeito de matar fazendeiro em Cerejeiras se apresenta à polícia


Motivação do crime seriam discursões por causa de divisas e da entrada de gado na lavoura do outro

Porto Velho, RO - Após ter a prisão decretada pela Policia Civil de Cerejeiras, o principal suspeito do assassinato do fazendeiro Claudimar Balabam, se apresentou na manhã de hoje (10) junto de um advogado, em Jaru (RO).

Os detalhes do depoimento do sitiante Ezenildo de Oliveira Silva (suspeito) de 38 anos, não foram divulgados, e não há confirmação de que ele tenha assumido a autoria do homicídio, que abalou o Cone do Sul, onde a família era conhecida no meio rural.

A prisão foi cumprida mesmo que a apresentação tenha sido espontânea e fora do flagrante. A motivação do crime seriam discursões por causa de divisas e da entrada de gado na lavoura do outro. O suspeito havia deixado Cerejeiras no dia do crime e era considerado foragido.

O provável assassino deve ser transferido para Cerejeiras. Caso se confirmem as suspeitas, ele deverá ir a júri popular pelo assassinato.
O caso

No dia 5 de março deste ano, na Linha 06 com a 3ª Eixo, em Cerejeiras, foi registrado o homicídio do produtor de grãos Claudimar Balabam de 32 anos.

De acordo com registros do caso, a mãe de Claudimar estranhou a demora do filho, que havia saído de casa para ir até a roça olhar a plantação de milho.

Ao chegar à lavoura, o pai da vítima viu a moto do filho num carreador e gritou por ele, mas não obteve resposta. Quando caminhou pelas proximidades, o encontrou caído no meio da lavoura e, após contatar que estava morto, acionou a polícia.

Foram encontrados 7 estojos de arma, aparentando ser calibre 22, 4 foram encontrados perto da cerca na divisa da propriedade e outros 3 junto ao cadáver do produtor.

Fonte: Diário da Amazônia


Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu