Museu Memorial Rondon é visitado por comissão espanhola; relações internacionais no turismo e exportação são pontuadas


Visitação explora potencialidades de Rondônia para a Espanha

Porto Velho, RO - O potencial dos setores do agronegócio e turismo rondoniense são algumas das características marcantes de Rondônia que fizeram a ministra conselheira de Agricultura, Pesca e Alimentação da Embaixada da Espanha, Maria Elisa Barahona Nieto, e o cônsul honorário, Fernando Bravo Sanchez, visitarem o Estado.

Nesta segunda-feira (4), a ministra e o cônsul, foram ao museu Memorial Rondon, onde puderam conhecer a história da região, além de conhecerem atentamente um pouco da trajetória e obra de Rondon.

A visita contribui para a aceleração do turismo nacional e internacional

A visita diplomática da Espanha ao Estado, que acontece até sábado (9), faz parte da ampliação de relações comerciais que vem sendo estudada pela comissão da ministra. No museu, a visitação trouxe o resgate à memória da região e do desbravador, com olhares atentos para o centro de documentação histórica, auditórios e prédios destinados a contar a saga das linhas telegráficas e a expedição Roosevelt.

Considerado o maior acervo sobre Rondon em exposição no País, o museu é um estímulo à cultura e valorização da história. Durante a visita, a comissão foi orientada pelo guia de turismo, Izaias Gomes, que dirigiu as explicações por meio de projeções de documentários que trazem, dentre muitas outras exposições, cenas originais da Comissão Rondon.

Também puderam apreciar painéis de fotos raras, textos que comprovam a participação dessa personalidade em fatos históricos importantes; recriações cenográficas feitas a partir de fotos do cotidiano das expedições da Comissão Construtora de Linhas Telegráficas Estratégicas; maquetes de postos telegráficos construídos no Estado de Rondônia, além de mapas históricos, fotos de família, pôsteres, documentos e cartas.

“Fiquei muito impressionada com o potencial de Rondônia, e ainda mais em presenciar como isso é um reflexo da história contada aqui. Vemos atributos interessantes para possíveis parcerias em vários setores, tanto no turismo, quanto na exportação de produtos e alimentos”, disse a ministra.

Para a gestora de promoção de eventos turísticos, Gisele Louise, a presença da ministra contribui para o plano de aceleração do turismo, que viabiliza a exportação dos principais produtos do Estado. “O objetivo do turismo é movimentar toda a cadeia de mercado nacional e internacional. A vinda da ministra reforça esse objetivo e torna possível a abertura e ampliação de um enorme setor que só cresce em Rondônia”, destacou.

Exportação também faz parte dos interesses comerciais da Espanha

Pontos históricos como o Real Forte Príncipe da Beira, a Estrada de Ferro Madeira-Mamoré (EFMM) e as Três Caixas d´Água são pedaços da vasta cultura e do potencial turístico de Rondônia.

“Me sinto muito agradecida pelo acolhimento que venho recebendo, e claro, ao Governo de Rondônia que abriu as portas para que esse encontro fosse possível. É evidente que em Rondônia há diversas potencialidades. Também queremos fazer parte disso”, concluiu a ministra.

Além do turismo, o interesse espanhol abrange outros setores da região. O secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec), Avenilson Trindade, comentou que “o Estado vive um ciclo econômico sólido para criar políticas públicas, tornando possível o abastecimento do mercado interno e o alcance do mercado externo. Uma das tratativas que tem sido estudada, é o cultivo de milho em Rondônia para o mercado espanhol e os fertilizantes espanhóis para o nosso mercado”, concluiu.

Pontos turísticos, propriedades rurais e frigoríficos serão os locais que a comissão ainda visitará durante a semana.

Fonte: Governo de Rondônia

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu