Funai distribui mais de 5 mil cestas básicas em Rondônia



Porto Velho, RO - Fundação Nacional do Índio (Funai) realiza a distribuição de mais de 5 mil cestas básicas em 72 aldeias indígenas do estado de Rondônia. Pelo menos 160 famílias das etnias Cinta Larga, Paiter Suruí, Apurinã, Aikanã, Kwazá, Sakyrabiat e Macurape são beneficiadas. A ação garante a segurança alimentar das famílias indígenas e contribui para minimizar os efeitos causados pela pandemia de covid-19.

A ação teve início em fevereiro e segue até o final do mês de março. As entrega são realizadas por meio da Coordenação Regional (CR) de Cacoal, uma unidades descentralizadas da Funai em Rondônia, em parceria com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e o Ministério da Cidadania, que disponibilizou o recurso para a compra dos alimentos.

Durante a ação, a Funai também promoveu a entrega de cerca de 10 toneladas de sementes selecionadas de milho, de sacas para a colheita de castanhas, café, além de instrumentos utilizados nas atividades agrícolas como facão, limas e carretinhas para motos, adquiridos com recursos da fundação.

O coordenador regional da Funai em Cacoal, Sidcley Sotele, explica que a unidade fez o processo de gradeação em mais de 300 hectares, contemplando 72 aldeias locais. “Isso traz mais segurança durante o plantio e os produtos colhidos vão ser fonte de renda e de alimentação para as famílias indígenas. Essa é a primeira vez que esse procedimento de gradeação é feito na região, atendendo uma demanda antiga das comunidades”, afirma Sotele.

CR Cacoal

A Coordenação Regional de Cacoal está localizada no município de Cacoal (RO) e atua junto aos povos indígenas das etnias Cinta Larga, Paiter Suruí, Apurinã, Aikanã, Kwazá, Sakyrabiat e Macurape. Criada em 2009, a unidade é responsável por coordenar e monitorar a implementação de ações de proteção e promoção dos direitos de povos indígenas do estado de Rondônia.

A área de atuação da CR Cacoal abrange os municípios de Cacoal (RO), Espigão do Oeste (RO), Ministro Andreazza (RO), Rolim de Moura (RO), Parecis (RO), Alto Alegre do Parecis (RO), Vilhena (RO) e Pimenta Bueno (RO), onde vivem aproximadamente 4.5 mil indígenas.


Assessoria de Comunicação / Funai

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu