Acusado de tentar matar ex-esposa com tiro na cabeça se entrega em Rolim de Moura

 



Na tarde desta sexta-feira (29), o foragido Claudemir Lara Cavalheiro, 39 anos, acompanhado de dois advogados, se apresentou na Delegacia de Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), de Rolim de Moura. Ele é acusado de tentativa de feminicídio a tiro, praticado contra a ex-esposa, Ângela de Paulo, 37 anos, na madrugada da última quarta-feira (27). A Justiça havia determinado prisão preventiva do homem.

Cerca de 24 horas antes, os irmãos Wemerson O.S., e Origenes M.J., que são primos de Claudemir, foram presos preventivamente e encaminhados para o presídio estadual. Os dois são acusados de darem fuga para o acusado, após ele balear a vítima.Após ter sua imagem divulgada na mídia pela Polícia, Claudemir resolveu se entregar para os investigadores da DEAM, nesta tarde. Os policiais já estavam no encalço do acusado. Ele não apresentou a arma usada no crime e disse que só falaria em juízo.

No dia do crime, autor da tentativa de feminicídio, Claudemir Lara, invadiu a residência da ex-esposa, localizada na rua Barão de Melgaço, bairro Boa Esperança, no município de Rolim de Moura, armado com uma espingarda.

O acusado, após uma discussão, ele efetuou um disparo na cabeça da vítima. A Polícia descobriu que um dos primos do ex-marido de Ângela, chegou a entrar na residência da vítima, acompanhando Claudemir. O outro envolvido na fuga, ficou na frente da casa, dentro do carro. Os três fugiram, após a mulher ser baleada na cabeça.

Após o crime, o delegado regional, Fábio Moura, representou pela prisão preventiva dos três acusados e a Justiça deferiu.

De acordo com a Polícia, os dois primos do acusado estavam em Rolim de Moura, mas desconfiando que seriam presos, fugiram para um sítio, localizado na zona rural da cidade de Novo Horizonte do Oeste.

Nesta quinta-feira, após diligências, os investigadores conseguiram localizar e prender os dois irmãos. Presa, a dupla confessou que foi até a residência da vítima, acompanhando Claudemir.

Com a prisão de Claudemir, todos os envolvidos no crime estão atrás das grades, à disposição da justiça.


Foto: Rondoniagora

Fonte: Rondoniagora 

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu