Operação tenta prender 50 condenados pela Justiça que estão soltos em Porto Velho



A Delegacia de Polícia Interestadual (Polinter) deflagrou nesta quinta-feira (24) e sexta-feira (25), a Operação Alcatraz, para localizar e prender foragidos em Porto Velho. No total, 50 pessoas que estavam com pendências com a justiça, pode ser colocadas atrás das grades.

A ação contou com efetivo de 200 policiais, que tinham como objetivo localizar pessoas com condenadas pela Justiça por diversos crimes como homicídio, feminicídio e entre outros.

O diretor do Departamento de Polícia do Interior, Paulo Kakiones, disse que a operação, além de colocar os foragidos na cadeia, teve como objetivo demonstrar a eficiência da Polícia Civil. "Um condenado que não cumpre sua pena, além de demonstrar a ineficiência do estado, traz a sensação de injustiça às vítimas ou familiares. Neste sentido, a Polícia Civil não poupará esforços para que esses criminosos sejam responsabilizados por seus atos”, finalizou.

* A notícia foi corrigida às 15h07 para informar que na realidade não houve 50 prisões, mas 50 mandados para serem cumpridos


Foto: Rondoniagora

Fonte: Rondoiaagora

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu