Conferência Municipal da Saúde Mental vai debater facilidade de acesso e tratamento na atenção básica


Evento abordará conceitos relacionados ao paciente

Porto Velho, RO - A 3ª Conferência Municipal da Saúde Mental acontecerá nos dias 11 e 12 de abril em Porto Velho. O evento discutirá as políticas públicas referentes à garantia do cuidado e direito à cidadania dos usuários que participam dos programas de reabilitação psicossocial do município.

Durante os dois dias, questões como acesso facilitado, enfrentamento dos conceitos negativos relacionados à saúde mental, a acolhida, as formas de tratamento e até o impacto nos serviços, provocado pelo isolamento decorrente da pandemia de covid-19, serão abordados por especialistas da área.

Os debates incluirão, ainda, a garantia do acesso ao usuário e inclusão da saúde mental na Atenção Primária à Saúde (APS) no município.

Poderão participar usuários da atenção básica, Centros de Atenção Psicossocial (Caps) e seus familiares, profissionais da saúde, educação e assistência social, além de estudantes, gestores e o público em geral.


Município conta com uma ampla rede para promoção da saúde mental

As inscrições podem ser feitas através do link.

“Será um acontecimento importante para a nossa população. É nele que vamos discutir, por exemplo, todos conceitos relacionados aos pacientes”, avalia Eliana Pasini, secretária municipal de saúde.

Segundo Rosana Reis, presidente do Conselho Municipal de Saúde, a conferência servirá para a construção de ideias e propostas que serão levadas ao poder público para colaborar e facilitar para que sejam executadas.

“Será um momento importante para trazer mais informação e deliberar sobre como se pode tratar da saúde mental. Que não seja só com medicação, mas com terapias, exercícios e outras atividades”, disse.

A conferência acontecerá no auditório da Uniron, no Porto Velho Shopping.

Texto: Semusa
Foto: Carlos Sabino
Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)


Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu