A proposta busca apoiar os 52 municípios na recuperação das estradas rurais e assegurar o escoamento da produção agrícola

O deputado Cirone Deiró defendeu o aumento do repasse aos municípios dos recursos do Fundo para Infraestrutura de Transportes e Habitação-Fitha. O parlamentar manifestou preocupação com a falta de trafegabilidade provocada pelas intensas chuvas que atingiram o estado nos últimos meses. Ele lembrou que os municípios rondonienses tem no setor produtivo agrícola a sua base para a geração de renda. Cirone afirmou que as dificuldades das prefeituras com a manutenção das estradas é um dos grandes gargalos que o setor produtivo agrícola enfrenta para escoar a produção agrícola.

Cirone Deiró defendeu que de forma excepcional o conselho gestor do Fitha que está sob a presidência do diretor do DER Elias Rezende, considere os prejuízos provocados pelas intensas chuvas deste ano, e aumente o repasse as prefeituras. “Reconheço o esforço que toda a equipe do governo que tem feito no sentido de apoiar as prefeituras, especialmente no que diz respeito a manutenção das estradas rurais. No entanto, os prefeitos estão preocupados com o grande desafio que enfrentarão para recuperar as estradas, que em alguns pontos praticamente ficaram destruídas em razão das fortes chuvas,” afirmou.

Na avaliação do deputado Cirone Deiró, o recente aumento dos repasses dos recursos do Fitha às prefeituras de 30% para 35% não será suficiente para as prefeituras executarem as obras de recuperação de todas as estradas rurais. Segundo o deputado, alguns municípios chegam a contar com mais de mil quilômetros de estradas rurais. “É preciso ampliar os recursos destinados as prefeituras para garantir o direito de trafegabilidade para quem trabalha na agricultura e precisa comercializar sua produção,” alertou.

Atualmente o repasse do Fitha para as prefeituras executar obras de manutenção das estradas é de R$ 41,7 milhões. De acordo com o deputado Cirone, diante do grande volume de chuvas e dos estragos provocados em 100% da malha viária dos municípios, os valores ainda se mostram insuficientes. “Estamos fazendo uma defesa em prol do setor produtivo, pela sua grande importância que desempenha na arrecadação dos tributos estaduais. Garantir a trafegabilidade na área rural dos municípios, é garantir a prosperidade da população e o desenvolvimento econômico dos municípios e consequentemente do estado,” alertou.


Foto e Texto: ALE-RO 

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu