Justiça decreta prisão preventiva de acusado de matar ´Nikita´

Acusado matou a vítima para se vingar da morte do irmão, diz a Polícia

Porto Velho, RO - O juízo da 2ª. Vara Genérica da Comarca de Cerejeiras decretou a prisão preventiva de Jair Carlos de Souza, acusado do assassinato de Adenilton da Silva Estêvão, o Nikita, crime ocorrido no início da semana passada, na cidade vizinha de Pimenteiras D´Oeste, região do Cone Sul do Estado.

Segundo a Polícia Civil, a provável motivação do crime foi vingança do acusado contra a vítima pela morte de seu irmão. Foi com base nessa motivação que a Polícia pediu a prisão preventiva de Carlos de Souza para que as circunstâncias do crime possam ser melhores esclarecidas.

Ao decretar a prisão, o Juízo lembra que o acusado está foragido, apesar de cumprir pena por outro crime e que está em liberdade provisória. Jair está foragido desde o dia do crime e a Polícia está veiculando um pedido de ajuda da população para a sua prisão.

“Apesar de concedida a liberdade provisória naqueles autos, supostamente o requerido apresenta conduta de reiteração criminosa, emergindo daí o perigo gerado pelo estado de liberdade do imputado (periculum libertatis) e justificando a prisão preventiva para garantia da ordem pública”, diz o juízo na decisão.

Fonte: Redação

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu