Genial/Quaest: Lula tem 45%; Bolsonaro, 23%; Moro, 7%; e Ciro, 7%...


Da esquerda para a direita, o ex-presidente Lula, o presidnete Jair Bolsonaro e os ex-ministros Ciro Gomes e Sergio MoroImagem: Reprodução, Cleber Clauber Caetano/PR, Lucas Lima/UOL e Mateus Bonomi/AGIF/Estadão Conteúdo

Porto Velho, RO - Pesquisa da Genial Investimentos e Quaest Consultoria divulgada hoje aponta que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) mantém a liderança nas intenções de voto para a Presidência no 1º turno com 45% — assim como a pesquisa anterior do mesmo instituto, divulgada no dia 12 de janeiro. Além disso, o petista também aparece como vencedor em todos os cenários de 2º turno testados.

No cenário 1 (veja números abaixo), com mais candidatos, a soma de todos os adversários de Lula é de 42%, o que deixa o petista com a possibilidade de vitória no primeiro turno —na margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos, Lula teria entre 47% e 43% das intenções de voto, e os adversários somados, de 44% a 40%.

O presidente Jair Bolsonaro (PL) também se manteve estável e aparece em segundo lugar com 23% na pesquisa estimulada —quando os nomes dos candidatos são apresentados aos eleitores. O ex-juiz Sergio Moro (Podemos) e Ciro Gomes (PDT) empatam com 7%, no terceiro lugar, ambos oscilando na margem de erro em comparação com a pesquisa anterior.

A lista segue com o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e o deputado federal André Janones (Avante), com 2% cada um. Já a senadora Simone Tebet (MDB) tem 1%. O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD), e Luiz Felipe D'Ávila (Novo) não pontuaram. Brancos e nulos são 8% e indecisos somam 5%.

A pesquisa ouviu 2.000 pessoas, entre os dias 3 e 6 de fevereiro. O índice de confiança, segundo o instituto, é de 95%. A pesquisa foi contratada pelo Banco Genial e registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR-08857/2022.

O Quaest é um instituto de pesquisas com sede em Belo Horizonte. Até 2020, segundo dados do TSE, a empresa realizava pesquisas eleitorais só em Minas Gerais. Hoje, faz levantamentos sobre intenções de voto para presidente. O instituto tem uma parceria com a Genial Investimentos, a qual financia levantamentos sobre a corrida presidencial de 2022. As pesquisas são realizadas com entrevistas presenciais.
Veja os cenários de 1º turno testados

Cenário 1:
Lula (PT): 45%
Jair Bolsonaro (PL): 23%
Sergio Moro (Podemos): 7%
Ciro Gomes (PDT): 7%
João Doria (PSDB): 2%
André Janones (Avante): 2%
Simone Tebet (MDB): 1%
Rodrigo Pacheco (PSD): 0%
Luiz Felipe D'Ávila (Novo): 0%
Branco/nulo/não vai votar: 8%
Indecisos: 5%

Cenário 2:
Lula (PT): 45%
Jair Bolsonaro (PL): 24%
Sergio Moro (Podemos): 9%
Ciro Gomes (PDT): 8%
João Doria (PSDB): 3%
Branco/nulo/não vai votar: 8%
Indecisos: 4%

Cenário 3:
Lula (PT): 45%
Jair Bolsonaro (PL): 24%
Sergio Moro (Podemos): 9%
Ciro Gomes (PDT): 8%
André Janones (Avante): 2%
Branco/nulo/não vai votar: 8%
Indecisos: 4%

Cenário 4:
Lula (PT): 47%
Jair Bolsonaro (PL): 26%
Ciro Gomes (PDT): 9%
André Janones (Avante): 3%
Branco/nulo/não vai votar: 10%
Indecisos: 4%
Veja os cenários de 2º turno

A pesquisa também revela que Lula venceria todos os demais candidatos em um eventual segundo turno. Em todos os cenários testados, o petista tem vantagem de 20 pontos percentuais ou mais (dentro da margem de erro).

Cenário 1:
Lula (PT): 54%
Jair Bolsonaro (PL): 30%
Branco/nulo/não vai votar: 13%
Indecisos: 3%

Cenário 2:
Lula (PT): 52%
Sergio Moro (Podemos): 28%
Branco/nulo/não vai votar: 17%
Indecisos: 3%

Cenário 3:
Lula (PT): 51%
Ciro Gomes (PDT): 24%
Branco/nulo/não vai votar: 22%
Indecisos: 4%

Cenário 4:
Lula (PT): 55%
João Doria (PSDB): 16%
Branco/nulo/não vai votar: 26%
Indecisos: 3%

Cenário 5:
Lula (PT): 56%
André Janones (Avante): 14%
Branco/nulo/não vai votar: 25%
Indecisos: 4%
Rejeição

Os pré-candidatos com maiores índices de rejeição são Bolsonaro, Moro e Doria. Confira os números:
Jair Bolsonaro (PL): 66%
Sergio Moro (Podemos): 62%
João Doria (PSDB): 61%
Ciro Gomes (PDT): 54%
Lula (PT): 43%
Rodrigo Pacheco (PSD): 34%
Felipe d'Avila (Novo): 21%
André Janones (Avante): 20%
Simone Tebet (MDB): 18%

Veja o comentário de Josias de Souza sobre a pesquisa Genial/Quaest e mais notícias:



Fonte: UOL

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu