Documentário de Celso Daniel na Globoplay incomoda PT e Lula, além de expor feridas e fantasmas 20 anos depois!


Série no Globoplay com recorde de audiência

Porto Velho, RO - O documentário sobre os bastidores da vida e o assassinato de Celso Daniel, que completou 20 anos, foi lançado pela Globoplay com recorde de audiência.

A série aborda o que poderia ter levado à tão crueldade praticada contra um dos nomes mais importantes dentro do PT e responsável pela ala anticorrupção do partido.

O PT e o próprio Lula ficaram bastante incomodados com a série da Globo e tentaram impedir. Nada feito! A Globo manteve o documentário e vetou o depoimento de Lula sobre a sua morte.

A Globoplay lançou a série que trata da vida e principalmente dos bastidores da morte de um dos líderes do PT, o exprefeito de Santo André, Celso Daniel, assassinado há 20 anos.

A série tem o objetivo de explorar na mente dos que a assistem o que poderia ter levado à tão crueldade de um homem querido até mesmo pelos opositores do PT. Lula não foi convidado para dar seu depoimento sobre o assassinato de Celso Daniel.

Por ordem de Erick Bretas, diretor da Globoplay, o nome do número 1 do PT foi vetado. Celso Daniel representava uma ala dentro do PT que lutava para que o partido não se corrompesse com propinas e corrupção.

Prefeito da cidade do ABC Paulista em três mandatos, Celso Augusto Daniel (1951-2002) era do PT (Partido dos Trabalhadores), considerado um ótimo gestor pela população de Santo André, além de um colega respeitado dentro do Daniel foi sequestrado na noite de 18 de janeiro de 2002 após ter jantado em um restaurante no centro da cidade de São Paulo com o empresário Sérgio Gomes da Silva (1954-2016), seu amigo e segurança pessoal –interpretado pelo ator Tuca Andrada em simulações dramáticas da série.

O documentário sobre a vida e a morte de Celso Daniel causou um enorme incômodo dentro do PT. A própria direção nacional do partido tentou embargar a série de ser lançada, porém o presidente das Organizações Globo decidiu mantêla.

O documentário leva o telespectador a teses sobre o envolvimento de figurões do PT na morte de Celso Daniel.


Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu