Sobe para 21 número de mortes causadas pelas chuvas no estado de São Paulo

Defesa Civil estima 660 famílias desabrigadas ou desalojadas, seis feridos e 11 desaparecidos

Porto Velho, RO - Subiu para 21 o número de mortes causadas pelas fortes chuvas que atingiram o estado de São Paulo neste final de semana, informou a Defesa Civil na manhã desta segunda-feira. Entre as vítimas estão oito crianças. Até agora, os transtornos provocados pelo mau tempo também deixaram cerca de 660 famílias desabrigadas ou desalojadas, seis feridos e 11 desaparecidos.

A última vítima confirmada foi um bebê de quatro meses que chegou a ser socorrido após um desabamento em Itapevi, na Grande São Paulo.

Os óbitos foram registrados em Arujá (1), Embu das Artes (3), Itapevi (1), Ribeirão Preto (1), Jaú (1), Várzea Paulista (5), Franco da Rocha (5) e Francisco Morato (4).

Em Várzea Paulista, cinco pessoas da mesma família morreram após terem a casa atingida por um desmoronamento. Eles estavam no mesmo cômodo no momento da acidente, segundo a Defesa Civil.

Na cidade de Embu das Artes, na Grande São Paulo, um deslizamento no bairro Jardim Pinheirinho deixou três vítimas, entre elas uma criança de três anos e dois adultos de 21 e 47 anos. Foram interditadas 16 casas no local, mas segundo a prefeitura, algumas famílias insistem em retornar à área de risco.

Itapevi teve a morte de um bebê de quatro meses confirmada na manhã desta segunda. O Corpo de Bombeiros conseguiu resgatar a mãe, de 27 anos, que está no pronto-socorro geral da cidade.

Em Jaú, um homem de 61 anos morreu afogado após ter a casa invadida pela chuva. Arujá, na Grande São Paulo, um homem de 59 anos morreu após seu carro ficar submerso durante a tempestade. Já em Ribeirão Preto, um homem de 57 anos morreu na sexta-feira após se afogar na enxurrada.

No domingo, o governador João Doria (PSDB) sobrevoou as cidades de Francisco Morato, Franco da Rocha e Caieiras e anunciou a liberação de R$ 15 milhões para 10 cidades afetadas pelas chuvas. Os recursos anunciados serão destinados aos municípios de Arujá (R$ 1 milhão), Francisco Morato (R$ 2 milhões), Embu das Artes (R$ 1 milhão) e Franco da Rocha (R$ 5 milhões), na Região Metropolitana de São Paulo, e Várzea Paulista (R$ 1 milhão), Campo Limpo Paulista (R$ 1 milhão), Jaú (R$ 1 milhão), Capivari (R$ 1 milhão), Monte Mor (R$ 1 milhão) e Rafard (R$ 1 milhão), no interior do estado.

Além da liberação dos recursos, o Governador determinou a criação de uma força-tarefa envolvendo Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Defesa Civil para apoiar todas as prefeituras das cidades que sofreram com as chuvas.

Fonte: O Globo

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu