Medidas são reforçadas para conter o avanço da influenza e covid-19 em Rondônia

  



A ampliação de leitos para receber os pacientes e contratação de profissionais são medidas adotadas

Com os casos de influenza e a coinfecção com covid-19, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), está realizando medidas para conter o avanço de contaminação. Entre as medidas que estão sendo realizadas desde dezembro de 2021, destaque para a ampliação de leitos e contratação de profissionais da saúde.

Em Rondônia já foram registrados 1.303 casos de influenza e 1 caso de coinfecção por covid-19 e o vírus da gripe.

O secretário de Estado da Saúde, Fernando Máximo, destaca a importância da vacinação contra os dois vírus. “Uma das pacientes que está internada é jovem, mas infelizmente não tomou nenhuma dose contra covid-19 e influenza. Precisamos que a população priorize a vacinação, pois através dela quebraremos o ciclo de transmissão do vírus”, afirma.

Para crianças internadas, foram criados 5 leitos de UTI no Hospital Cosme e Damião. Outra medida como a divisão do Hospital de Campanha (Hcamp), também foi realizada. Por ser uma unidade grande, o Hcamp ficará divido em três partes, a primeira para atender pacientes com covid-19, a segunda para pessoas com influenza e a última para realizar cirurgias eletivas. Medidas como ampliação de leitos no Cemetron, Hospital de Base Ary Pinheiro também estão sendo realizadas.

O Governo de Rondônia orienta a população quando à importância da vacina da gripe, além de medidas como uso de máscara, higienize as mãos e evitar aglomerações.


Fonte
Texto: Ludmary Nascimento
Fotos: Frank Néry e Daiane Mendonça
Secom - Governo de Rondônia

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu