Nota Pública - declaração feita aos técnicos educacionais


Porto Velho, RO - O Sintero vem a público posicionar-se contrário a respeito da declaração feita por um professor aos técnicos e técnicas educacionais sobre o abono salarial anunciado pelo governador de Rondônia, Coronel Marcos Rocha.

Antes de relatar o ocorrido, o Sintero pontua que é uma entidade classista que luta pelos direitos e interesses de todos os trabalhadores e trabalhadoras em educação, não contribuindo ou incitando qualquer tipo de discriminação entre as mais variadas funções desenvolvidas no ambiente escolar, por acreditar e reconhecer a relevância de cada trabalhador/a de forma individual, e ressalta que repudia veementemente ações que estimulam o ódio, discriminação, preconceito, bem como manifestações que ferem a dignidade e honra de todos.

A declaração feita através de um grupo de WhatsApp aos técnicos e técnicas educacionais possuía um tom pejorativo, desrespeitoso e intolerável, não devendo ser reproduzido ou propagado nas redes sociais. É preciso compreender que o referido áudio foi produzido em um momento em que havia provocações e troca de ofensas mútuas.

Apesar de ações como estas serem injustificáveis, o sindicato entende que são momentos como estes, que proporcionam aprendizado, crescimento e experiências que demonstram a grandiosidade desta classe que possui capacidade ímpar de buscar meios para construir e nortear a essência do ser humano.

A Direção do Sintero informa que já entrou em contato com o responsável pela ação e após um amplo diálogo, esclarece que os ânimos estavam exaltados em razão da falta de transparência e diálogo nas ações do governo a respeito do abono salarial e que não houve intenção de ofender a categoria.

Na intenção de finalizar o assunto, o Sintero reitera a todos os trabalhadores e trabalhadoras em educação, para que neste momento compreendam que a luta sindical é coletiva e, portanto, a união é o elemento principal e transformador na busca por avanços, principalmente, ao se tratar de valorização e reconhecimento profissional.

Segundo o secretário de Funcionários de Escola, Neilton Vidal, é fundamental que tenhamos empatia para enxergar o valor e a importância de todos os servidores e de cada um em particular, sem distinção, haja visto que somos seres em construção e episódios como este devem ser banidos do nosso meio, lembrando que o Sintero é o sindicato de todos os trabalhadores e trabalhadoras em educação de Rondônia.

Fonte: Assessoria Sintero

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu