TRAGÉDIA: Dentista de Vilhena, cirurgião e médica morreram afogados em Santa Catarina

  



A dentista vilhenense [R. L. M. B.] está entre as três pessoas que perderam a vida num acidente registrado na madrugada de sábado, 06 na Estrada Monte de Trigo, no Paulas, em Santa Catarina. Além dela, também morreram o também dentista [V. C. L.] e a médica veterinária [T. P. F.].

Eles estavam dentro do veículo VW Jetta, que caiu no Rio Monte de Trigo na madrugada de sábado, (06), no bairro Paulas. Outras três pessoas conseguiram sair do carro na hora do acidente e passam bem.

Por volta da meia noite daquela data, estavam no VW Jetta, cor branca, com placas de Joinville (SC), seis pessoas, dois homens e quatro mulheres. O automóvel caiu na ponte da estrada Monte de Trigo, em São Francisco do Sul.

O carro caiu na água com todos os ocupantes. Com o veículo completamente embaixo d'água, três vítimas conseguiram sair.

Os socorristas montaram uma força tarefa para retirar as vítimas, que foram atendidas e levadas em estado grave para o hospital, mas não resistiram e entraram em óbito por afogamento.

O Rio Monte de Trigo tem cerca de 4 metros de profundidade naquele trecho da ponte. Os jovens estavam em uma festa em São Francisco do Sul.

A dentista [R. L.]tinha 28 anos e havia nascido e morado em Vilhena até os 20. Duas semanas atrás, ela esteve na cidade, visitando os familiares que residem aqui.

Segundo uma tia, a dentista estava em um carro, enquanto o marido vinha atrás, em outro. Os casais se dividiram nos veículos, que eram dirigidos por pessoas que não bebiam

A jovem era filha do médico veterinário [R. M. B.], que morreu em 2011, aos 53 anos. A mãe dela foi dona de uma floricultura na cidade, antes de se mudar para o Sul. O corpo da vilhenense será sepultado em Mandaguari (PR).


Foto: Reprodução/Folha do Sul Online

Fonte: Folha do Sul Online

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu