Novos profissionais são capacitados para que possam atuar nas ações do Proampe


O Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual de Desenvolvimento Econômico e Infraestrutura (Sedi), iniciou no dia 25 de outubro, o segundo Programa de Formação de Agente de Crédito (Profac), como medida de reforçar a capacitação de novos profissionais para atuar no Programa de Apoio às Micros e Pequenas Empresas e Empreendedores de Pequenos Negócios do Estado de Rondônia (Proampe).

Instituído pelo Decreto n.º 25.555, de 16 de novembro de 2020 e lançado em fevereiro deste ano, o programa é meta prioritária do Planeamento Estratégico do Governo Estadual e fortalece a política de ampliação de microcrédito do Estado. Por orientação do governador Marcos Rocha, o programa avança de forma célere e transparente.

Finalizado na última segunda-feira (1º), os participantes passaram por 8 dias de treinamento intensivo, com mentorias voltadas ao setor de microcrédito e empreendedorismo, aprendendo, entre outras funções, boas práticas de atendimento ao cliente, a preparação de planejamentos e controle de inadimplência. Foram feitos atendimentos reais a empreendedores como forma de aplicar as ferramentas apresentadas durante o curso.

O agente de crédito possui papel importante para o sucesso do programa, já que ele é o responsável pelo atendimento inicial ao tomador de crédito e levanta todos os dados necessários para uma análise detalhada da viabilidade de concessão do financiamento. Com a aprovação, o agente colabora diretamente com a geração de renda, trabalho e consequentemente, o desenvolvimento da economia de seu município.

Ao todo, já foram inauguradas 13 unidades do Proampe no Estado de Rondônia, distribuídas por sete regiões de atuação, a começar pela Madeira-Mamoré, que integra os municípios de Porto Velho e Candeias do Jamari; seguido do Vale do Jamari, com Ariquemes; região Central, contando com Jaru; a região de Rio Machado, representada pelas cidades de Cacoal, Espigão do Oeste e Pimenta Bueno; Cone Sul, que abrange Cerejeiras e Vilhena; Zona da Mata, que engloba os municípios de Alta Floresta do Oeste e Rolim de Moura. Por fim, o Vale do Guaporé, que integra os municípios de São Francisco do Guaporé e São Miguel do Guaporé.

O Proampe disponibiliza crédito com juros de taxa anual máxima igual a taxa do Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic), acrescida de 1,25% sobre o valor concedido. Este crédito pode ser liquidade em até 36 parcelas, com até seis meses para o início do pagamento, além da necessidade de um fiador.

A proposta e as demais informações sobre o programa podem ser obtidas no portal do Proampe ou com o agente de crédito do seu município.


Texto: Jhulie Caline e Emanuel Miquéias
Fotos: Emanuel Miquéias
Secom - Governo de Rondônia

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu