Bolsonaro diz “namorar” 3 partidos para 2022: PP, PL e até Republicanos ...


Presidente diz que terá o maior partido do congresso, e ainda afirma que decidira em março se vem candidato.

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta 2ª feira (1º.nov.2021) que negocia com 3 partidos políticos sua filiação. É a 1ª vez nas recentes declarações que o chefe do Executivo inclui o Republicanos como possibilidade. Antes, falava apenas no PP, de Ciro Nogueira, e no PL, de Valdemar Costa Neto.

“Olha, tem 3 partidos que me querem. Eu fico muito feliz, são 3 namoradas, duas vão ficar chateadas. É o PRB [antigo nome do Republicanos], o PL e o PP. Cada dia 1 está na frente na bolsa de apostas”, disse a jornalistas em Anguillara Veneta, município da Itália.

Bolsonaro visita a região norte da Itália depois de participar da cúpula do G20, em Roma. Segundo o chefe do Executivo, seu bisavô paterno nasceu no local.

 De acordo com o presidente, o partido que escolher será o maior do Congresso depois das trocas possibilitadas pela janela partidária, prazo para que candidatos mudem de partido sem risco de perder o mandato ocorre em ano eleitoral.

“Tenho conversado com os parlamentares que virão para esse novo partido, são muitos, mais de 30, além dos 50 em média que cada 1 tem. Será o maior partido do Congresso tão logo se abra a janela”, declarou.

As negociações de Bolsonaro com partidos se estendem há meses. Em seu périplo pelos partidos, já desistiu de alianças tidas como irrevogáveis. Por exemplo, confirmou a lideranças do Partido da Mulher Brasileira, o novo Brasil 35, que se filiaria à sigla.

Desistiu logo depois de um mal-entendido com a presidente da legenda. No Patriota, o problema foi jurídico. Bolsonaro foi o pivô de um racha na sigla. Adilson Barroso, então presidente da legenda, chegou a aprovar mudanças no estatuto para atrair o chefe do Planalto. O movimento desagradou parte dos integrantes do partido.

O impasse resultou em uma divisão e no afastamento definitivo de Barroso do cargo. Assim também aconteceu no PRTB e no PTB, depois de problemas internos. Bolsonaro disse que segue indeciso: “Por exemplo, agora eu iria para o PL.

Ontem, eu iria para o PP”. Completou dizendo: “O tempo está curto, começa a fazer negociações e acordos para 2022.

Tenho que decidir se vou ser candidato à reeleição, decisão vai ser em março. Até lá, para decidir, tenho que ser partido. Queria que [a decisão] saísse hoje, quem sabe nesta semana mesmo saia. Tenho que ver como as outras duas namoradas vão ficar, não podem ficar muito chateadas comigo. Vou casar e vai ser com uma só”. 


Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu