MANDIOCA: Esmagamento é o menor desde fevereiro


Com o menor ritmo de colheita, devido à estiagem, o volume de esmagamento das fecularias recuou de forma expressiva na última semana, totalizando 28,5 mil toneladas, o mais baixo desde fevereiro deste ano, segundo levantamento do Cepea.

Muitas empresas chegaram a interromper as atividades industriais, apesar da tentativa de obter matéria-prima em regiões mais distantes.

Quanto aos preços, entre 27 de setembro e 1º de outubro, o preço médio nominal a prazo da tonelada de mandioca posta fecularia subiu 3,2%, para R$ 539,21 (R$ 0,9378por grama de amido), o mais alto desde outubro de 2020.

Em termos reais (deflacionamento pelo IGP-DI), por outro lado, a média da semana fechou 19% abaixo da do mesmo período do ano passado.


Fonte: Cepea

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu