casal pioneiro em Vilhena é assassinado em fazenda que já foi palco de chacina

 



Através de um amigo da família, a reportagem recebeu a confirmação de que o empresário [H. C. S.], o “Nego Zen”, e sua esposa, [S. B.], foram assassinados na fazenda do casal na manhã desta quinta-feira, 14.

Além dos dois, três funcionários da Fazenda Vilhena, palco de um violento conflito, que repercutiu em todo o país, também seriam executados por invasores.

Instantes atrás, o site noticiou que guarnições da PM estavam se deslocando para a propriedade, que já foi palco de outros episódios de violência, envolvendo inclusive o casal morto.

Segundo o informante, durante o ataque o filho de Nego Zen conseguiu fugir, levando consigo dois netos do pioneiro, que teria sido morto a tiros junto com a esposa. O sobrevivente teria ido em uma fazenda vizinha, de onde acionou a polícia, antes de vir para a cidade.

O site segue acompanhando os desdobramentos do caso e alerta que estas primeiras informações são extraoficiais, e só serão confirmadas nas próximas horas.


Foto: Reprodução/Folha do Sul Online

Fonte: Folha do Sul Online

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu