CITROS: Oferta reduzida deve sustentar preço da laranja em setembro

 

Os preços de todas as variedades de laranja negociadas no mercado in natura encerraram agosto em patamares elevados, impulsionados pela baixa disponibilidade, principalmente de frutas com maior qualidade e calibre adequado. Segundo colaboradores do Cepea, o clima é um dos principais responsáveis pelo atual cenário, visto que as chuvas estão abaixo da média há muitos meses, e geadas foram registradas em algumas regiões em julho. Além da safra pequena em 2021/22, a aquecida demanda industrial reforçou o movimento de alta dos valores. Em agosto, o preço médio da laranja pera comercializada no mercado de mesa foi de R$ 39,67/cx de 40,8 kg, na árvore, avanço de 14,2% em relação ao de julho e quase 10 Reais/cx acima do verificado em agosto/20, em termos nominais. Para setembro, agentes consultados pelo Cepea acreditam que as cotações devem seguir firmes, fundamentados na continuidade da oferta restrita.


Fonte: Cepea

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu