Cerca de 35 mil pessoas foram afetadas por erupção de vulcão

Cumbre Vieja entrou em erupção após um pequeno terremoto Foto: EFE / Miguel Calero

Porto Velho, RO - A erupção do vulcão Cumbre Vieja no arquipélago das Ilhas Canárias que se iniciou no fim da manhã deste domingo (19), afetou, até o momento, cerca de 35 mil pessoas nos quatro municípios da Ilha de Palma.

Soldados foram enviados ao município de El Paso, o mais afetado da ilha, para auxiliar na remoção dos moradores. Autoridades locais montaram cinco grandes abrigos para a população de aldeias vizinhas.

Um pequeno terremoto antecedeu a enorme explosão do vulcão Cumbre Vieja, que foi seguida de uma grande coluna de fumaça e a presença de lava. O magma provocou duas fissuras, duas bocas eruptivas diferentes na montanha, pelas quais a lava passou a escorrer. Segundo o Involcan (Instituto Volcanológico de Canarias), em apenas algumas horas, essas duas fissuras se transformaram em sete.

O presidente do governo espanhol, Pedro Sánchez, que iria a Nova Iorque, viajará ainda neste domingo para a ilha de La Palma, conforme anunciou seu gabinete.

– Diante da situação gerada na ilha de La Palma, o presidente do Governo adiou a viagem prevista para hoje a Nova York para participar da Assembleia Geral da ONU e se deslocará nesta mesma tarde às Canárias para acompanhar a evolução dos acontecimentos – informou o serviço de imprensa do governo espanhol em um comunicado.

De acordo com o presidente das Ilhas Canárias, Angel Victor Torres, não há relatos de feridos. Os voos de ida e volta para as Canárias continuam ocorrendo normalmente.

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu