Ipem faz perícia em produtos ofertados nas prateleiras dos supermercados para dar garantia aos consumidores de Rondônia


O Governo de Rondônia, por meio do Instituto de Pesos e Medidas de Rondônia, realizou a semana de perícia em produtos comercializados em prateleiras de supermercados do Estado, dentre eles: o fubá e o palmito de pupunha em conserva. Na avaliação do laboratório de pré-medidos do órgão, ambos foram reprovados por não seguirem as normas do Instituto Nacional de Metrologia e Tecnologia (Inmetro).

A ação tem a finalidade de conferir se os produtos ofertados nas prateleiras dos supermercados estão seguindo as especificações contidas nas embalagens.

O palmito de pupunha em conserva foi reprovado levando em consideração as normas das Portarias 248/2008 e 157/2002 do Inmetro. “Quatro unidades estavam abaixo de 300 gramas e com isso foram reprovados pelo critério individual. Já a embalagem também apresentava irregularidade com a forma em que foram colocadas as informações, não sendo legível para o consumidor”, destacou a metrologista, Elli Maus.

Já o fubá foi reprovado no critério individual de acordo com a Portaria 248/2008 do Inmetro. “Como é um produto que não resseca provavelmente foi envasado de forma incorreta”, pontuou Elli Maus.

“São ações como essas que garantem que o consumidor possa adquirir o que realmente está sendo especificado no rótulo do produto em cada estabelecimento. E, conforme pedido do governador Marcos Rocha, estamos garantindo também a defesa do cidadão rondoniense”, destacou o presidente do Ipem em Rondônia, Aziz Rahal Neto.

As empresas foram notificadas e terão dez dias para apresentar defesas junto ao jurídico do Ipem, em virtude da constatação de irregularidade nos produtos.

O consumidor que encontrar, ou suspeitar de alguma irregularidade, pode informar à Ouvidoria do Ipem, pelo e-mail ouvidor@ipem.ro.gov.br ou pelo telefone 0800 647 7277.


Texto: Alexandre Almeida
Fotos: Alexandre Almeida
Secom - Governo de Rondônia

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu