Casal está preso acusado de envolvimento na morte de presidiário.

 


Porto Velho, RO - Romilda Lúcia Paixão e Adeildo Teixeira dos Santos estão presos no sistema prisional da capital, acusados de envolvimento na morte do presidiário Wesley Carneiro, crime ocorrido dia 5 de junho passado, na rua Idalva Fraga, bairro Cascalheira, setor leste da capital. 

Segundo a Polícia, a motivação do crime seria dois assaltos atribuídos à vítima em uma padaria onde ele trabalhava, e outro à residência do casal, que fica no mesmo endereço. Os assaltos teriam sido a causa, inclusive, da demissão de Wesley, semana antes do crime. 

A padaria também foi negociada às pressas pelo casal e a mudança de endereço para a cidade de Ji-paraná, dos dois acusados, além de outras evidências não relatadas pela Polícia. A vítima tinha 21 anos, estava com tornozeleira eletrônica e foi morta em frente à sua casa, quando foi surpreendida por uma dupla que chegou em uma motocicleta. 

Wesley foi atingida com um tiro de pistola no tórax e correu para dentro de casa, sendo seguido pelo atirador. A vítima acabou caindo já sem vida em um dos cômodos da casa. O crime está nas mãos da 1ª. Vara do Tribunal do Júri de Porto Velho.

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu