<

Plano de prevenção e combate a queimadas é discutido em Porto Velho


A chegada do verão amazônico, caracterizado pelo período de estiagem e altas temperaturas, vem exigindo a intensificação das campanhas contra as queimadas, e é o que a Prefeitura de Porto Velho vem colocando em prática para cuidar do meio ambiente e conscientizar a população.

A exemplo, na segunda-feira (5), a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Sema) liderou uma reunião para discutir o início da execução das ações integradas para a Campanha de Prevenção às Queimadas no Município.

A reunião aconteceu no Comando-Geral do Corpo de Bombeiros. A corporação integra o grupo de execução junto à Prefeitura e à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam).

N prática, a Sema tem um papel estratégico na tarefa. A pasta atua na fiscalização das áreas urbanas e rurais, das Áreas de Proteção Permanente (APP’s) pertencentes a Porto Velho e na educação ambiental dos moradores.

“A educação é a mola propulsora para a conscientização e sensibilidade nesse momento para a Amazônia. Precisamos mostrar os malefícios de usar o fogo, que ainda é visto como o instrumento mais barato de limpeza por algumas comunidades, mas que no fim acaba saindo caro para a vida de todos”, explica Maricélia Cantanhede, coordenadora de Educação Ambiental da Sema.

Uma das ações apresentadas é o Acampamento Verde, desenvolvida de forma integrada entre o Estado, municípios e parceiros. O objetivo é implementar uma atuação integrada articulada nas comunidades para a prevenção e combate às queimadas, controle e fiscalização.

A ação será desenvolvida nas regiões com maior incidência de focos de calor, levando em conta os registros oficiais do ano anterior. “Porto Velho e os distritos do eixo da BR-364 são os pontos que exigem mais atenção nessa época do ano, devido à grande extensão do município e sua localização”, explica a coordenadora.

Ao menos, oito pastas municipais, além da Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e Polícia Militar devem atuar na ação.

O período de realização do Acampamento Verde está previsto para acontecer entre os dias 23 de julho e 1 de agosto, nos distritos de Vista Alegre do Abunã, Extrema e Nova Califórnia.

Para o secretário da Sema, Alexandro Miranda, ações como essas, que promovam a conscientização e preservação do meio ambiente são de extrema importância. “Combater às queimadas deve ser um esforço conjunto, de todas as esferas e, também, da população. Precisamos da conscientização de cada um. As queimadas são prejudiciais ao meio ambiente e à saúde, principalmente com a pandemia da Covid-19”, alertou.


Texto: Pedro Bentes
Foto: Leandro Morais
Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Postar um comentário

0 Comentários