O dia na história por Lúcio Albuquerque


O DIA NA HISTÓRIA

Lúcio Albuquerque – jlucioac@gmail.com

BOM DIA 26 DE JULHO!

RONDÔNIA

1910 – Instalada a Agência Postal de Porto Velho, tendo como agente o sr. Felinto Costa.

1922 – A localidade de Guajará-Mirim é promovida à condição de distrito do município de Santo Antônio.

COMEMORA-SE

Dia dos Avós. Dia Nacional Antidrogas. Dia do Arqueólogo. Dia Nacional da Imprensa Espírita. 

Católicos lembram São Joaquim e Santa Ana, pais da Bem-aventurada Virgem Maria, avós de Jesus.

FATOS

1791 — Nasce Franz Xaver Wolfgang Mozart, compositor austríaco, principal obra “Cavalgada das Valquírias”.

1887 — Publicado o Primeiro Livro de Esperanto, por Ludwik Lejzer Zamenhof, com o pseudônimo Dr. Esperanto.

1889 — Morre Tobias Barreto de Meneses, escritor brasileiro, professor de  Rui Barbosa, Joaquim Nabuco e Castro Alves.

1942 — O bombardeio do navio mercante brasileiro Tamandaré por um submarino alemão faz o Brasil entrar na II Guerra Mundial. 1989 — Robert Tappan Morris (EUA), torna-se a primeira pessoa a ser processada pela Lei de Fraude e Abuso de Informática.

2016 — Hillary Clinton torna-se a primeira mulher indicada a concorrer à presidência dos EUA, pelos Democratas.

FOTO DO DIA  

“Pérola do Mamoré”, Guajará-Mirim, cidade brasileira separada de sua “cidade-irmã”, a boliviana Guayaramerin, pela “fronteira molhada” do Rio Mamoré, é orgulhosa de sua condição de título pomposo, o de “guardiã da história de Rondônia”.

Segundo Vítor Hugo (Desbravadores) até o Século XIX o local, que já fora chamado de “Quadro”, era um entreposto de negociação de borracha e outros produtos extrativos vegetais chamado “Espiridião Marques”.

Com a ligação por trem pela Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, já como Guajará-Mirim, a vila cresceu, passando a ser um distrito do município mato-grossense de Santo Antônio do Madeira, mas em 1928 ganhou autonomia com sua elevação a condição de município.

Na década de 1930 teve a região estudada pelo cientista francês Claude Lévi-Strauss. Dentre os grandes nomes de sua história estão o coronel Paulo da Cruz Saldanha, o bispo dom Francisco Xavier Rey, a senhora Aliete Alberto Matta Morhy, primeira mulher eleita (e primeira reeleita) em Rondônia, e o escritor Paulo Cordeiro Saldanha.

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu