<

Madeira doada será utilizada na reforma de pontes em Calama

 



Ibama fez a doação que traz economia de cerca de R$ 100 mil ao município

A doação totaliza 394 metros cúbicos de madeiraPelo menos duas pontes, localizadas no distrito de Calama, na região do Baixo Madeira, serão reformadas com madeira doada pelo Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis). As obras se iniciam nas próximas semanas.

O processo de doação foi conduzido pela Prefeitura de Porto Velho, a partir de iniciativas da Superintendência Municipal de Integração e Desenvolvimento Distrital (SMD). A doação totaliza 394 metros cúbicos de madeira, que foi apreendida por ter sido extraída de forma ilegal ou irregular.

De acordo com o superintendente da SMD, Vinícius Miguel, a economia decorrente da madeira doada tem impacto positivo para o município: "É uma enorme alegria contribuir com essa economia aos cofres públicos, ao mesmo tempo em que estamos contribuindo com a população de Calama, no Baixo Madeira", disse ele.

"Levando em conta a quantidade, tipo e beneficiamento, a Prefeitura está deixando de gastar cerca de R$ 100 mil. Ao mesmo tempo, estamos contribuindo com a população de Calama, fazendo o reparo de duas pontes”, afirmou o superintendente.


Pelo menos duas pontes no distrito de Calama serão reformadasO trabalho nas pontes São Francisco e Tancredo Neves faz parte da intensificação das políticas públicas nos distritos, que é um compromisso assumido com a população pelo prefeito Hildon Chaves.

OPERAÇÃO

Segundo o superintendente Vinícius Miguel, foi montada uma grande operação para o transporte das madeiras. A Empresa de Desenvolvimento Urbano de Porto Velho (Emdur) cedeu um caminhão. A madeira está na região da Ponta do Abunã e fará uma longa viagem até chegar a Calama.

Vinícius Miguel agradeceu o apoio do prefeito Hildon Chaves e do diretor-presidente da Emdur, Gustavo Beltrame. Ele também agradeceu à Superintendência do Ibama em Rondônia pela facilitação no processo de doação das madeiras.

A articulação também contou com o suporte do diretor do Departamento de Articulação Local da SMD, Noel Leite da Silva, e do administrador de Calama, Lagenilson Pinto da Silva.


Texto: Etiene Gonçalves
Foto: Saul Ribeiro

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)

Postar um comentário

0 Comentários