<

Governo de Rondônia acompanha visita técnica do ministro do turismo ao Complexo da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré


A visita técnica ao Complexo da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré (EFMM) faz parte da agenda que o ministro do turismo, Gilson Machado Neto, cumpre em Rondônia. Entre as autoridades que acompanham o ministro estão o governador Marcos Rocha e o gestor da Superintendência Estadual de Turismo (Setur) Gilvan Pereira, nesta sexta-feira (2).

De acordo com o ministro do Turismo, Gilson Machado o Governo Federal investiu R$ 3,5 milhões na revitalização do Complexo da Madeira-Mamoré que já está com 90% da obra concluída. A comitiva do ministro visitou os galpões da ferrovia e conheceu parte da história da lendária ferrovia. “É um equipamento turístico de grande potencial, precisa ser preservado e divulgado, nós vamos mostrar ao mundo para agregar valor e renda”, ressaltou o ministro que experimentou a cegonha, movida a força humana, juntamente com o governador Marcos Rocha.

Marcos Rocha relembrou a participação ativa do Governo de Rondônia na recuperação do complexo. “No início, em janeiro de 2019, a Secretaria de Estado de Justiça (Sejus) contribuiu com a restauração e limpeza dos trilhos da ferrovia utilizando mão de obra apenada por meio de Convênio e Termo de Cooperação. Na época os apenados fizeram todo o serviço de limpeza e recuperação. E agora fico feliz de ver esse complexo quase pronto. O turismo de Rondônia precisa do Complexo da Madeira-Mamoré, é um ponto turístico do nosso Estado”.

O chefe do Executivo Estadual acompanhou o ministro Gilson Machado no passeio na litorina, um pequeno vagão ferroviário. O veículo histórico foi recuperado pelos ferroviários e reativado em junho de 2019 para fazer o percurso dentro do complexo da ferrovia. No passeio conheceram o condutor oficial da litorina, o ferroviário Antônio Moisés, que explicou que o transporte era o veículo usado na época da construção da Madeira-Mamoré para fazer o pagamento dos salários dos trabalhadores.

“Nós conseguimos recuperar esse veículo que agora está à disposição da nossa população e dos turistas assim que acabar a pandemia e o complexo estiver oficialmente aberto”, disse o ferroviário que é um dos responsáveis por recuperar os outros veículos do complexo entre eles, o Kamalazu, um veículo de quatro lugares, utilizado na inspeção das linhas.

Outro ferroviário que aguarda ansioso a reabertura do Complexo da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré é Lord Jesus Brown. “É um sonho ver esse complexo todo funcionando. Vamos trazer os trilhos que estão lá em Jirau e fazer o trem funcionar de novo, até a Igreja de Santo Antônio”, complementou o ferroviário.

O superintendente da Setur, Gilvan Pereira, classificou a vinda do ministro do turismo a Rondônia como “extremamente importante, principalmente nesse momento de retomada para a exploração do imenso potencial do turismo no Estado para fazer o setor crescer como nunca antes”.


Texto: Andréia Fortini
Fotos: Daiane Mendonça
Secom - Governo de Rondônia

Postar um comentário

0 Comentários