<

Detran e Polícia Militar realizam fiscalização para combater criminalidade e acidentes no trânsito


Para combater a criminalidade, acidentes e mortes no trânsito o Governo de Rondônia, por meio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e a Polícia Militar (PM) está realizando missões de fiscalização nos 52 municípios do Estado. O trabalho teve início no dia 22 de junho na regional de Jaru, onde foram atendidas além de Jaru, as cidades de Machadinho d’Oeste, Vale do Anari e Ouro Preto do Oeste e prossegue nas demais regionais, atendendo a solicitação do Ministério Público do Estado (MPE).

O diretor-geral do Detran, Neil Aldrin Faria Gonzaga, explica que considerando as recomendações do Governo Federal e do Governo de Rondônia, quanto à preservação da propagação da pandemia do coronavírus, o Detran adotou medidas que deram uma pausa nas fiscalizações de trânsito, mas retomou as atividades que são atribuições do órgão. “A fiscalização de trânsito, evita acidentes e mortes no trânsito e combate a criminalidade, é uma ferramenta de proteção à sociedade”.

Tanto que o MPE em vários municípios, sendo que os mais recentes de Machadinho d’Oeste e Alta Floresta d’Oeste cobraram do Detran o retorno das fiscalizações nos respectivos municípios, tendo em vista as constantes mortes provocadas por acidentes de trânsito e também pela falta de ordenação nas vias públicas. “Esse também é um clamor da população de bem de Rondônia, que cobra a presença do Estado na sua cidade para inibir os excessos no trânsito e o combate à criminalidade”, ressaltou Gonzaga.

O diretor técnico de Fiscalização e Ações de Trânsito (Dtfat) e coordenador da Operação Lei Seca em Rondônia, Welton Roney Nunes Ribeiro, afirma que a retomada das fiscalizações no Estado é um passo importante para a redução dos acidentes e mortes no trânsito.

O Artigo 21 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) é bem claro – compete aos órgãos e entidades executivos rodoviários da União, dos Estados, e do Distrito Federal e dos Municípios; como retrata o inciso I – cumprir e fazer cumprir a legislação e as normas de trânsito, no âmbito de suas atribuições; inciso VI – executar a fiscalização de trânsito, autuar, aplicar as penalidades de advertência, por escrito, e ainda as multas e medidas.

“As missões realizadas fomentam a orientação e regularização de veículos e motoristas, além de promover a presença do Estado no seguimento de segurança no trânsito”, destacou diretor de fiscalização.

Welton Roney, explica a importância das fiscalizações nos municípios do interior e na Capital e citou a fiscalização ostensiva realizada na quinta-feira (15) na Regional do Vale do Jamari na cidade de Monte Negro, onde foram abordados 88 veículos, sendo 38 carros e 50 motocicletas, dos quais apenas quatro veículos foram removidos por irregularidades, entre as quais uma motocicleta que era produto de furto e roubo na própria cidade de Monte Negro.

“A pessoa que foi vítima do roubo com certeza ficará muito feliz com a ação fiscalizatória do Detran e da Polícia Militar, mas quem praticou o roubo e o receptador vão ter que acertar as contas com a Justiça”, afirmou Welton Roney.

O aposentado José Antunes Pereira de 78 anos, elogiou a iniciativa do Governo de Rondônia de enviar para os municípios agentes de trânsito do Detran e PMs para intensificarem as ações de trânsito e afirmou que a população se sente mais segura quando o Estado se faz presente.

ACIDENTES RECENTES

Na cidade de Machadinho d’Oeste, recentemente, ocorreram dois acidentes de trânsito onde sete pessoas perderam a vida em menos de 36 horas. O primeiro acidente ocorreu no dia 16 de junho, onde um casal e a filha que estavam em uma motocicleta bateram em uma carreta, os três morreram no local, causando uma começão na cidade. No dia seguinte, duas motocicletas se chocaram de frente na rodovia 133, no quilômetro 4, zona rural.

A colisão entre as duas motocicletas acabaram vitimando fatalmente dois irmãos menores de idade que pilotavam uma motocicleta e que teriam provocado o acidente batendo em outra motocicleta que estava sendo pilotada por um policial e sua esposa que estava de passageira. Todos foram a óbito em virtude do acidente.

Diante dos inúmeros acidentes de trânsito com vítimas fatais, a 1ª Promotoria Estadual de Justiça de Machadinho solicitou do Detran, por meio do ofício nº 519/21, para que iniciasse uma ação de fiscalização de trânsito no município. A 1ª Promotoria de Justiça de Alta Floresta d’Oeste conforme ofício relacionado nº 20200001010018019 também solicitou ao Detran fiscalização na referida cidade para notificar irregularidades no trânsito.

NÚMEROS DE ACIDENTES EM RONDÔNIA NO 2º SEMESTRE DE 2020 E 1º SEMESTRE 2021.

Texto: Eleni Caetano
Fotos: Eleni Caetano
Secom - Governo de Rondônia

Postar um comentário

0 Comentários