Agevisa promove live sobre saúde mental do trabalhador, no Dia Nacional de Prevenção aos Acidentes de Trabalho


Saúde mental dentro do contexto do ambiente de trabalho, um assunto muito oportuno diante deste período pandêmico. Foi com esse intuito que o Governo de Rondônia, por intermédio da Agência de Vigilância em Saúde (Agevisa) promoveu, na manhã desta terça-feira (27), a live especial em alusão ao Dia Nacional de Prevenção aos Acidentes de Trabalho.

Ao iniciar a transmissão, o diretor- geral da Agevisa, Gilvander Gregório de Lima enfatizou a importância dos trabalhos da Gerência Técnica em Saúde do Trabalhados (GTVISAT) e enfatizou a relevância da promoção da live, considerada por ele, oportuna diante do cenário de pandemia, destacando ainda a luta no enfrentamento contra a covid-19, por meio do processo de imunização.

“Aproveito para reforçar a importância da vacinação contra a covid-19. Estamos, no momento, com 53,4% da população rondoniense vacinada, mas temos só apenas 18,3% que tomaram a 2ª dose ou dose única. Essa diferença é preocupante e isso também tem a ver com a saúde do trabalhador. Incentivo a todos, a tomarem a 2ª dose, em nome da sua família e sua vida”, declarou Gregório.

O evento on-line, mediado pela assessora de Comunicação da Agevisa, Aurimar de Lima, contou com a participação da psicóloga Vanderléia de Lurdes Dal Castel Schilindwein, que também é docente do curso de Psicologia da Universidade Federal de Rondônia (Unir) e doutora em Serviço Social e, ainda a participação do doutor Heinz Roland Jakobi, médico do Trabalho do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest/Sesau), perito judicial trabalhista e doutor em Ciências da Saúde.

Na sequência, a gerente técnica da GTVISAT da Agevisa, Elisane Melo expôs sua satisfação e privilégio em atuar na gerência voltada à saúde do trabalhador e pontuou algumas missões de incumbência da gerência.

“Quando falamos da Saúde do trabalhador, nos referimos de uma forma em geral, de todos os segmentos. Nossa missão é promover o desempenho da gestão de vigilância ao trabalhador no âmbito estadual, inerente a todos os municípios do Estado, com suas peculiaridades das Regionais de Saúde, buscamos estar sempre juntos. E dentro da nossa Agência, trabalhamos com todas as vigilâncias, como a sanitária, epidemiológica, ambiental e a vigilância em saúde do trabalhador. Dentre as principais atribuições desta gerência, destacamos as ações de prevenção às doenças e agravos relacionados ao trabalho, em conjunto com as demais vigilâncias”, detalhou.

ATUAÇÃO DA GERÊNCIA

Elisane explicou ainda que a gerência voltada a saúde do trabalho está interligada com todas as ações de outras vigilâncias. Além disso, a contribui com a elaboração de normas técnicas regulamentadoras no âmbito estadual, pertinente a saúde do trabalhador, juntamente com outros órgãos envolvidos. Também promove e supervisiona a implementação da notificação compulsória de agravos relacionados ao trabalho nos serviços de saúde públicos e privados e monitora os resultados epidemiológicos das notificações de acidentes e agravos de trabalho oriundas da Ficha de Notificação do Sistema Nacional de Atendimento Médico (Sinam).

Desenvolve ainda, estratégias de comunicação e elaborar materiais de divulgação, visando o compartilhamento do conhecimento sobre perfil produtivo e epidemiológico para nortear medidas de prevenção e promoção à saúde dos trabalhadores. Na ocasião, Elisane Melo explicou o motivo da promoção da live.

“O Dia Nacional de Prevenção dos Acidentes de Trabalho é celebrado anualmente em 27 de julho. A data foi um marco no avanço para a saúde em segurança no trabalho no Brasil já que nessa data, no ano de 1972, foram instituídas portarias que regulamentavam a formação técnica de segurança e medicina do trabalho. Os desafios trazidos pela pandemia colocam no cerne dos debates a questão da saúde e segurança ocupacional em meio aos percalços surgidos pelo novo coronavírus. Portanto, nada mais apropriado do que nesta data a Agevisa, por meio da GTVISAT, esteja promovendo este evento virtual como um espaço de discussão e disseminação de informações relevantes para a vigilância à saúde dos trabalhadores de todos os segmentos, pois foi um público bastante impactado pela brusca mudança da conjuntura laboral decorrente da covid-19”, ressaltou.

SAÚDE MENTAL E COMPORTAMENTO

Durante a live, a psicóloga Vanderléia de Lurdes Dal Castel Schilindwein, fez uma breve apresentação sobre as características da saúde mental no trabalho em tempos de pandemia.

“Esse momento não há como não abalar o emocional, pois se trata de um momento de perigo, iminente aonde estamos ativando dentro de nós muita energia, cada um com os seus recursos, revivendo situações traumáticas, talvez alguns reagindo de forma melhor e outros tendo que procurar apoio. O fato é que se trata de um momento traumático. Precisamos prestar atenção aos nossos sintomas, se estamos compensando ou escapando somente a esse processo. Nunca foi tão necessário prestarmos mais atenção aos nossos sentimentos, aos nossos filhos, aos nossos amigos e companheiros. O que me preocupa no processo pós pandemia, é levar o trabalho para dentro de casa. Esse tem sido o maior desafio, em como lidar com a solidão dentro de casa. As mudanças ocorreram, não tem mais como inserir o remoto em nossas vidas, porém, precisamos sintetizar, ainda são muitas questões a serem analisadas”, alertou.

Para o doutor Heinz Roland Jakobi, que explanou sobre os desafios trazidos pela pandemia no contexto dos adoecimentos de trabalho, a melhor forma de enfrentar os desafios, apesar de todo o cenário, é vivenciando, tocar a vida e dar importância ao que realmente importa. “Cada um cumpre o seu papel no que é estabelecido dentro de uma estrutura. Não estávamos de forma alguma, preparados para essa pandemia. Agora, ficou o aprendizado. Precisamos dar mais valor de proteção à saúde universal e proteção ao ser humano. Acredito que a saúde saiu muito prestigiada neste momento, a ciência está muito prestigiada, apesar de todos os tropeços ou interesses escusos, nós estamos evoluindo, saindo fortalecidos, na valorização de quem precisa realmente ser valorizado. E a população vai chegar a essa conscientização, pela dor ou pelo amor. Estamos sendo impulsionados por uma força maior, para sermos mais caridosos, como um todo”, declarou.

O diretor executivo da Agevisa, Edilson Batista da Silva, reforçou a importância de trazer à tona o tema sobre saúde mental, voltado ainda mais para o aprendizado, um tema de cunho para toda a população.


Texto: Jaqueline Malta
Fotos: Jaqueline Malta
Secom - Governo de Rondônia

Postar um comentário

0 Comentários

Close Menu